Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

29 de fev de 2012

Meu mundo cor-de-rosa


MEU MUNDO COR-DE-ROSA

Quero um mundo cor-de-rosa
De um rosinha bonitinho
Perfumado e bem florido
Onde não falte o carinho


Nele, as flores nunca murchem
Sejam, sempre, bem fresquinhas
Com os docinhos espalhados
Pelos parques e pracinhas


As crianças brinquem livres
Sem temer os assaltantes
Pois Jesus está com elas
E não lhes deixa,um só instante.


Onde a fome não exista
E não mais, bicho-papão
Todos bem alimentados
Com o pão e a oração.


A cor da nossa pele
A ninguém vai incomodar
Pois todos estarão "ligados"
Na beleza de amar.


Não exista pobre ou rico
Mas que todos sejam iguais
Tristeza e humilhação
Não se verá: _JAMAIS!


Os bichinhos serão tratados
Com respeito e muito amor
Pois eles são delicados
Iguaizinhos a uma flor.


Os vovôs e as vovós
Não serão abandonados
Com estranhos em asilos
Pra não serem maltratados!


Seja tudo cor-de-rosa
Perfumado que nem flor
E que a ordem que impere
Seja a ordem do AMOR!

soninha

beijinhos cor-de-rosa...

Leia também

28 de fev de 2012

Receitinha de Felicidade


RECEITINHA DE FELICIDADE

Ponha um sorriso na face
Pense em coisas bonitas
Se não tem uma roupa nova
Use aquela que é de chita


Sinta o sol tão gostosinho
Se espalhando no quintal
Beije a sua mamãezinha
E elogie seu avental


Se você tem um bichinho
Não importa, seja qual
Dê a ele o seu carinho
Lhe proteja contra o mal


Cheire a flor, sinta o perfume
Que exala sem parar
Inda que fique "murchinha"
Ela irá te perfumar


Chupe a manga madurinha
Se lambuze pra valer
Ela está tão gostosinha
Você não vai se esquecer.


Dê um beijo na vovó
Com o vovô, vá jogar bola
E com os novos amiguinhos
_ Na areia, deita e rola!


Pise o chão sem os sapatos
Sinta o frescor da terra
Corra pelo cafezal
Suba o morro e desça a serra


Molhe o rosto com suor
Ele é quente e salgadinho
Lá no rio não faz calor
Entra nele, e sai fresquinho!


Quando a noite se achegar
Olhe para as estrelinhas
Lá do céu a lhe mandar
Seu carinho e mil gracinhas.


Ao deitar não se esqueça
De orar para o Senhor
E a Ele agradecer
Pelo seu imenso Amor!


soninha

beijinhos de luz...


Leia também
A FADINHA E A OSTRA

27 de fev de 2012

Segunda-Feira Colorida!


Tem uma coisa nesta vida
Que eu adoro de montão
É a segunda colorida
E goiabada no meu pão.


Minha saia bem curtinha
Rosa , azul, verde-limão
Havaianas de tirinhas
Como enfeite, um coração.


Borboletas coloridas
A voarem em meu jardim
Elas são minhas queridas
Bem juntinho, pertinho a mim.


Minhas unhas pintadinhas
Com desenhos bonitinhos
Rosa shok e vermelhinhas
Corações e balõezinhos


Meu cachorro vestidinho
Com jaqueta furta-cor
Cachecol amarelinho
No seu peito, uma grande flor!


Na minha rua o vendedor
De algodão coloridinho
De groselha o seu sabor
Ou ,apenas,bem branquinho.


Esta vida, que nós temos
Deus nos deu, com muito amor
E por isto, nós devemos
Retratá-la em muita cor!


Seja verde, amarela
Vermelhinha ou marinho
O importante é a fartura
De amor e de carinho!


soninha

beijinhos coloridos...


Leia também
ABRAÇO DE PAI

O burrico lelé


O BURRICO LELÉ

Lelé, um burrico muito atencioso e gentil, gostava de todas as pessoas do vilarejo onde morava e costumava ajudá-los levando as suas coisas de um lugar para outro.

Mas as pessoas não o tratavam com o carinho e respeito que ele merecia.

Costumavam colocar sobre o seu lombo uma carga bem maior e mais pesada da que ele era capaz de suportar.

O burrico gemia, chorava, reclamava do peso, mas algumas pessoas eram más e não davam a menor importância às suas reclamações, continuando a maltratá-lo.

Uma destas pessoas era o seu Manuel que se considerava o seu dono e mais o explorava.

Um dia, seu Manuel além de colocar uma carga pesada no burrico, ensinou de maneira errada,a estrada que ele deveria ir. 

Lelé, confiando no seu Manuel, lá se foi gemendo, mancando,reclamando do peso e da distância que teria que percorrer para chegar ao outro povoado.

Chorando lelé dizia: 
"um dia Deus vai me tirar desta vida, eu sei que vai..."

E seguia a sua caminhada chorando baixinho e pedindo a Deus que lhe desse uma vida mais descansada e feliz.

Distraído, lelé não se deu conta que caminhava para um despenhadeiro muito alto, esbarrando bem na sua beiradinha.

De repente, ele escutou uma vozinha, pertinho do seu ouvido:

_ Lelé, lelé, eu sou um anjinho que tomo conta dos animais, sou "nuvenzinha azul".

- O que você deseja, anjinho?
 perguntou o burrico.

_ Tenha cuidado lelé, senão você vai cair no despenhadeiro, disse o anjinho.

- Xiiii!!! é mesmo! exclamou o burrico, acrescentando:
-como eu vim parar aqui?"

_ Você seguiu as instruções do seu Manuel e elas estavam erradas. Ele queria, justamente,que
você caísse no despenhadeiro e morresse; disse o anjinho.

- Por que ele fez isto comigo se eu o ajudo tanto....??!!
choramingou o burrico.

_ Porque ele é mau meu amigo. Ele é muito mau!!

Eu escutei ele resmungando que você já está ficando velho, come 
e dorme demais e lhe dá muita despesa e que ele estava querendo um burrico mais novo, falou
nuvenzinha azul.

- E esta carga dele?! Se eu caísse lá embaixo eu morreria mas perderia a carga todinha; falou
o burrico com os olhinhos cheios de lágrimas.

_ Esta carga meu amigo, é pedra, só pedras, murmurou o anjinho.

O burrico lelé , com a ajuda do anjinho retirou a carga do seu lombo e sentou-se chorando
muito por causa da maldade do seu Manuel. e dizia entre as lágrimas :

- Eu sempre gostei tanto dele, por que ele fez isto comigo,meu Deus?!
E agora, o que será de mim?!

O anjinho com dó do burrico, enxugou as suas lágrimas e lhe disse com carinho:

_ Levante a cabeça, pare de chorar e vamos embora pois eu vou lhe levar para um local
que você vai adorar....

Seguiram o anjinho e o burrico, cantando felizes, até uma fazendinha onde um 
bondoso velhinho cuidava dos animais que estavam envelhecendo e os donos não os queriam
mais.

Nuvenzinha azul apresentou lelé ao seu Rosalvo, o bom velhinho, eles logo gostaram um do
outro e, a partir daquele dia lelé passou a ser o burrico mais feliz do mundo.

Vivia cercado de animais alegres e amigos e tinha um dono que cuidava dele com todo o 
carinho do mundo.

E o seu Manuel?!

Este nunca mais encontrou um burrico amigo e fiel igual ao lelé e todos os que ele colocava para trabalhar, estragavam as suas cargas.

Seu Manuel ficou velho, pobre e sozinho pois ninguém conseguia gostar dele por causa da sua
maldade.

No dia em que ele estava passando mal, sozinho na sua casinha, deitado na sua cama, escutou
ruídos na porta e, andando devagarinho conseguiu chegar até lá.

 A sua surpresa foi enorme ao abri-la e se deparar com o burrico lelé que lhe olhava com os
olhinhos cheios de lágrimas.

O burrico havia escutado do seu Rosalvo que seu Manuel estava abandonado, doente
e sozinho, se apiedou dele e foi visitá-lo.

Vendo a humildade e bondade do  burrico lelé, seu Manuel caiu em prantos 
abraçado a ele e a lhe implorar:

_ Me perdoe, meu amigo, me perdoe!
eu fui muito mau com você!

O burrico, como se estivesse entendendo o que o homem dizia, ajoelhou-se aos seus pés,
deixou as suas lágrimas caírem sobre aqueles velhos pés,sujos e cansados e ali ficou,
quietinho, como se não quisesse incomodar o seu antigo conhecido.

Seu Manuel, arrependido e enternecido abraçou lelé bem forte, acolheu-o no seu coração e, nunca mais os dois se separaram.

soninha

Trabalhando: 
O AMOR, O RESPEITO, A HUMILDADE, A GRATIDÃO, A MALDADE,
A BONDADE E A PIEDADE

beijinhos de alegria...

Leia também

26 de fev de 2012

Dá para acreditar?!



CHINÊS CUIDA DE 140 CÃES ABANDONADOS

Para o ex-chefe de cozinha Li Zongwen o melhor amigo do homem é realmente seu cão, por isso ele cuida de mais de 140 cães de rua em sua casa na China.

O Sr. Li, 59 anos, se tornou o melhor amigo dos cães depois de adotar uma série de cachorrinhos perdidos e abandonados.

Passeios parece ser um pesadelo e lidar com os dejetos é difícil até de imaginar,
pois Li cuida de mais de 140 animais em sua casa, na China.

Resgatados das ruas na periferia da cidade de Wuhan, eles recebem um teto sobre suas cabeças e uma refeição para comer.

Os animais adotados gostam de sentar e ver como o antigo chefe agita a suas comidas em um grande caldeirão com uma pá de jardim.


Cuidar de mais de 140 caninos errantes não é tarefa fácil e amante de cães não poderia fazer o trabalho sem apoio. Alimentação e aluguel para a casa custa cerca de 480 doláres por mês, que é coberta por pessoas que doam dinheiro ao Sr. Li.

Os cães foram viver com ele em sua casa desde 2009 e do Sr. Li ainda come seu jantar cercado por seus amigos caninos.


Uma atitude assim é muito rara

beijinhos de luz...

24 de fev de 2012

Sexta-Feira com Jesus!


JESUS O MEU AMIGUINHO!

Jesus Cristo é o Senhor
Que cuida da nossa vida
Do nosso amado paizinho
Da nossa família querida
Ele ama qualquer bichinho
A todos, dá seu carinho
_ E faz a vida mais bonita!


Eu escolhi o bom Jesus
Para ser meu amiguinho
Pra Ele eu dei uma flor
Que tem um doce cheirinho
A rosinha flor-menina
Delicada e muito fina
_ Nela eu pus, o meu beijinho.


Obrigado meu amiguinho
Pela sua companhia
Que dá paz a minha vida
E bastante alegria
Nunca me deixe sozinho
Vem clarear meu caminho
_ Dia e noite, noite e dia!

soninha

beijinhos de luz...

23 de fev de 2012

Você sabia que...


O cartão telefônico foi inventado por um brasileiro?

Em 1978 o engenheiro Nélson Guilherme Bardini teve a brilhante idéia de criar o cartão telefônico que é feito de PVC e com um circuito elétrico ligado a pequenas superfícies metálicas. 

O mesmo só teve funcionalidade mesmo no Brasil em 1992.





China Telecom


Cingapura


Israel (Arca de Noé)


Japão


Tailândia


Taiwan


Brasil

Muito show!!

23 fevereiro: Dia do Surdo Mudo no Brasil




Os surdos-mudos se comunicam através de sinais que significam letras,
não é interessante?

Curiosidades:

1. Embora timidamente, começam a surgir alguns sinais de maior integração entre a comunidade e os deficientes auditivos e de fala, onde estes últimos têm inclusive a oportunidade de fazer o papel de mestre para aqueles que, um dia, vão estar cuidando de sua saúde.

2. Recentemente, o curso de medicina da Unicamp foi o vencedor do concurso de melhor Trote da Cidadania. O projeto do curso de medicina da Unicamp foi realizado por calouros e veteranos, entre outros locais, no Círculo de Amigos dos Deficientes Auditivos e da Fala (Cadaf), onde fizeram um "pedágio" com distribuição de adesivos com as inscrições "Uso branco pela paz". Segundo Ana Carolina M. Machado, do 3º ano de medicina, no Cadaf, foram os calouros que aprenderam com os deficientes, que lhes ensinaram tudo sobre a linguagem de sinais e alfabeto surdo-mudo.

3. É preciso que a população aprenda sobre os deficientes auditivos e de fala, pelo menos o suficiente para acreditar que eles vão muito além do que as pessoas possam imaginar em matéria de potencialidade, capacidade criativa e de trabalho, como qualquer outro indivíduo. Deficiência física não significa deficiência mental. 

4. Por exemplo, Francisco Goulão, surdo-mudo, é ele próprio um professor de surdos há mais de 22 anos. 
Licenciado pela Universidade de Lisboa, professor no Instituto António Cândido-Porto, em Portugal, um estabelecimento escolar, estatal e especializado na área da surdez. 
O professor Goulão é um estudioso e crítico da LGP, Língua Gestual Portuguesa, e luta pela questão do bilingüismo para surdos, participando de conferências em outros países e escrevendo artigos em jornais e revistas.

Os 10 Animais Terrestres Mais Rápidos Do Mundo

Guepardo: 100 a 120 km/h


Antilocapra: 100 km/h


Leão: 80 a 90 km/h


Gazela de Thomson: 70 km/h


Gnu: 80 km/h


Cabra de Leque: 90 km/h
3,5 a 15 m/altura.


Cavalo Quarto de Milha: 90 km/h


Cachorro Selvagem Africano: 60 km/h


Uaipiti: 70 km/h


Coiote: 70 km/h


Lindos...

Bolo de laranja

Bolo de laranja: troque a laranja por banana, maçã, pêssego...
Foto: Codo Meletti

Ingredientes:

. 4 colheres (sopa) de açúcar cristal 
. Gomos de três laranjas, sem casca e sem pele 

Massa:

. 2 ovos 
. 1/2 colher (sopa) de raspas de casca de laranja 
. 1 xícara (chá) de suco de laranja 
. 1 1/2 xícara (chá) de açúcar 
. 1/2 xícara (chá) de óleo de canola 
. 1/2 xícara (chá) de quinoa em flocos 
. 1 1/2 xícara (chá) de farinha de trigo 
. 1 colher (sopa) de fermento
Modo de preparo:

- Unte uma forma com 25 cm de diâmetro, polvilhe o açúcar no fundo e cubra com os gomos de laranja. 

- Reserve. 

- No liquidificador, bata os ovos, as raspas e o suco de laranja, o açúcar, o óleo e a quinoa. 

- Bata por um minuto ou até ficar bem homogêneo. 

- Passe para uma tigela, adicione a farinha e o fermento e misture com uma colher. 

- Distribua a massa na forma já preparada e leve ao forno, preaquecido, em temperatura média por cerca de 45 minutos, ou até dourar. 

-Retire do forno, passe uma faca em volta da massa e desenforme. 

- Espere esfriar antes de servir.

Dica: na hora de ralar frutas cítricas, evite a parte branca que fica junto à casca - ela deixa a preparação amarga.


beijinhos adocicados

22 de fev de 2012

Você sabia que...


Depois de 11 anos da estréia do campeão em bilheteria e Oscar, Titanic, eis que nos aparece a mais nova e faraônica construção humana, réplica do saudoso náufrago e imperioso navio britânico: a versão palito de fósforo do TITANIC!!!

Isso mesmo! Após 15 árduos anos de trabalho, Tim Elkins finalizou o navio com mais de 140 mil palitos de fósforos.


É de encher os olhos e surpreender pela criatividade e paciência, afinal, foram mais de 3 mil horas dedicadas a construção da réplica. E pasmem: o valioso e destacado objeto foi vendido por nada mais que R$ 32 mil. Dá pra acreditar? 

Não, eu não dou…

Gostou de saber?

beijinhos de luz.

Você sabia que...


Foi uma brasileira quem inventou o escorredor de arroz?
Pois éééé...
Você vê a mamãe escorrendo o arroz e nem sabe quem inventou o escorredor, não é mesmo?
Pode acreditar, mas uma cirurgiã-dentista criou o utensílio doméstico em 1959. 
O nome da inventora é Therezinha Beatriz Alves de Andrade Zorowich. 
A invenção teve tabmém a ajuda de seu marido, que montou um protótipo em papel de alumínio e apresentou a invenção ao dono da Trol S/A.
Agora que você sabe, conta pra a mamãe.

Quem me contou?
Eu li AQUI

beijinhos de luz.

Filhotes de cabra fazem massagem divertida


Delícia de massagem...rs

20 de fev de 2012

Sorria para a vida!


SORRIA PARA A VIDA!


Pra se ter uma semana
bem alegre e colorida,
é preciso que você
sorria para a vida.


Agradeça ao bom Deus
pela sua existência,
e pare de chorar
inventando mil carências.


Olhe para o céu
perceba o lindo azul
pense que ele está
presente, norte a sul...


Enxergue as andorinhas
que voam no verão
e põem nos teus ouvidos
um hino, uma canção.


Olhe para o lado
e veja o cãozinho
sozinho, abandonado
carente de carinho


dê-lhe um abracinho
afague-o com a mão
você está ganhando
o mais novo "amigão".


Beije a mamãezinha
dê um cheiro no paizinho
e saia esbanjando
cheirinhos, com carinho.


Sorria para o mundo
sorria para a vida
e tenha uma semana
alegre e colorida!


beijinhos de luz!

17 de fev de 2012

Amendoim açucarado


Ingredientes

. 500 g de amendoim cru com pele 
. 500 g de açúcar 
. 1 copo (americano) de água 
. 1 colher (chá) de sal

Modo de preparo

1. Ponha em uma panela de borda alta o amendoim cru com pele e leve ao fogo baixo. Mexa para o amendoim torrar, mas sem queimar. 

2. Acrescente o açúcar, a água e o sal. Mexa com uma colher de pau até o açúcar secar e grudar nos amendoins. 

3. Retire do fogo e espalhe em uma assadeira. 

4. Solte os amendoins grudados e deixe esfriar. Sirva em uma tigela de barro, panela ou canudos de papel para porções individuais.

hummmm...delícia!!

13 de fev de 2012

A COBRA


A COBRA

Caminhando por uma estrada de terra batida, no meio da mata, Lúcia ia tranquila.

Morava num sítio das redondezas e dirigia-se à escola, distante uns quinhentos metros de sua casa. 

De súbito, dentre a vegetação, surgiu, se arrastando, enorme e ameaçadora cobra. Colocando-se no meio do caminho, ela armou o bote e ficou esperando. 

A princípio assustada, a menina parou. Pensou em voltar. 

Naquele momento, porém, lembrou-se de tudo o que já aprendera. Sua mãe sempre lhe dizia que tudo na Natureza é criação de Deus, e que devemos respeitar qualquer forma de vida, seja ela humana, animal ou vegetal.

Assim, enchendo-se de coragem, tendo o cuidado de manter uma boa distância, dirigiu-se ao réptil dizendo:

_ Minha amiga Dona Cobra. Nada tenho contra a senhora. Ao contrário, somos todos irmãos, porque filhos de um mesmo Pai, que é Deus. Estou a caminho da escola e preciso passar por este lugar, que a senhora está ocupando. Assim, se fizer a gentileza de deixar-me passar, eu lhe ficarei muito grata. 

A voz da menina, serena e doce, aquietou o animal, que a contemplava com seus olhinhos miúdos. Depois, parecendo compreender o que lhe foi dito, coleou pela terra lentamente, desaparecendo no meio do mato.

Lúcia, grata a Deus pela proteção que lhe dera, continuou seu trajeto até a escola.

Durante horas, ali permaneceu entregue às atividades escolares, esquecendo-se do incidente. 

Mais tarde, quase no horário de tocar o sinal para a saída, chegou alguém. Era um homem que tinha socorrido um menino. Ainda assustado, contou ele: 

_ Eu vinha a cavalo pela estradinha, quando vi um moleque ao longe, na minha frente. Ele tinha um pau na mão, e brincava, batendo nas árvores à beira do caminho, assustando os passarinhos e afugentando os pequenos animais. Percebi quando uma enorme cobra surgiu à sua frente. Quis avisá-lo do perigo, gritar para que ficasse quieto, sem fazer movimentos bruscos, mas não deu tempo. O menino, ágil, levantou o porrete, tentando esmagar a cobra. Ela, porém, foi mais rápida e, dando um bote certeiro, picou-o.

_ E o garoto, como está? — perguntou a professora, aflita.

— Felizmente, foi socorrido há tempo. Encontra-se no hospital da cidade, sob cuidados médicos. Como ele estivesse com uma mochila escolar, pelo horário, cheguei à conclusão de que era um aluno que tinha “matado” a aula, e a trouxe para a senhora. Aqui está ela! — disse ele, entregando a mochila à professora.

— É do Roberto! Bem que estranhei ele não ter comparecido hoje à escola! Muito obrigada, senhor. E os pais dele, já foram informados?

— Exatamente por isso vim aqui. Não sei onde ele mora. Se me disser o endereço do garoto, irei avisar à família dele.

A professora explicou onde Roberto morava, e o bom homem despediu-se, apressado. 

Após a saída dele, Lúcia comentou:

— Deve ser a mesma cobra que encontrei hoje cedo na estrada! 

— É verdade? Você viu uma cobra? Conte-nos! Como foi isso? — quis saber a professora. 

E Lúcia, diante da classe que a ouvia com atenção, relatou o que tinha acontecido com ela, como se portou diante do perigo e como a cobra se afastou, sem molestá-la. 

O silêncio se fez na sala. Todos estavam perplexos e pensativos. 

Ficou muito claro como o comportamento de cada um determinara uma reação diferente do animal. O respeito de Lúcia e a agressão de Roberto geraram conseqüências diversas. 

A professora, satisfeita com a lição, completou: 

— Se Roberto tivesse vindo para a escola, como era seu dever, não estaria agora sofrendo e nem dando preocupação a seus pais. Nada mais há para ser dito. Está terminada a aula. 

Tia Célia

Célia Xavier Camargo

beijinhos de luz!

Cuide do seu bichinho


Picadas de moscas

Algumas moscas picam os animais, pois se alimentam de sangue.

A mais comum delas é a chamada "mosca dos estábulos" (Stomoxys calcitrans).

Além de sugar o sangue, elas podem, como outras moscas, transmitir doenças e serem veiculadoras de ovos da mosca berneira .

É comum ver cães com lesões nas orelhas causadas por picadas de moscas. Essas picadas são dolorosas, causando incômodo ao animal.

Os ferimentos se caracterizam por crostas negras de sangue coagulado nas pontas das orelhas e, algumas vezes, na face do cão.

Incomodado, o cão tende a chacoalhar a cabeça com força, para se livrar das moscas.

É importante saber que as "moscas dos estábulos" colocam seus ovos nas fezes de animais, principalmente.

Assim, para eliminar o parasita quebrando seu ciclo, um dos métodos empregados é recolher sempre as fezes dos animais.

O uso de medicamentos repelentes e cicatrizantes (ungüentos, pomadas ou sprays) nas regiões mais afetadas pelas picadas, se faz necessário. Para isso, é necessário consultar o veterinário sobre o que usar em cada caso.


Quem ensinou isso?

A Dra.Silvia C. Parisi
Médica veterinária - (CRMV SP 5532)

beijinhos de luz...

9 de fev de 2012

O que sobrou do almoço


"Um dia desses, eu e meus amigos fomos almoçar juntos num restaurante. Nos divertimos muito, a comida estava deliciosa.

Mas, quando todos escolhiam a sobremesa, e o garçom estava retirando os pratos, foi com grande tristeza que percebi algo: alguns de meus amigos haviam deixado boa parte da comida no prato. E, pior: fizeram, depois, o mesmo com a sobremesa: serviram-se, e não comeram tudo!

Parece bobagem, não é? Mas é um assunto muito sério. Fico sempre muito triste quando as pessoas jogam comida fora. Porque, enquanto há pessoas que desperdiçam o alimento, há outras que não têm o que comer.



Você sabia que, se todos nós aproveitássemos bem a comida, mais pessoas poderiam ter o que comer? 

Jesus fez uma linda prece, que diz: "O pão nosso de cada dia nos dai hoje". Deus sabe que precisamos do alimento para o nosso corpo, e Ele criou muitas coisas das quais podemos nos alimentar! Mas temos que nos lembrar de aproveitar bem tudo o que Ele nos deu: nada deve ser desperdiçado!



Além de bem aproveitar os alimentos, também é importante que nos alimentemos com comidas saudáveis, que façam bem ao nosso corpo, sem abusar dos doces, refrigerantes, guloseimas... Parece difícil, não é? Mas se realmente quisermos, poderemos mudar devagarzinho... Hoje como uma fruta no lanche, amanhã uma salada no almoço... e aos poucos nós vamos mudando nossos hábitos sem perceber.



Ser enjoado, chato mesmo, para comer, é outra coisa que me faz pensar... As vezes, meu pai tem mesmo razão quando diz que eu sou cheio de "não gosto disso", "não como aquilo"... Gente! 
Existem milhões de crianças passando fome, sem nada para comer. Quando penso um pouquinho só, já fico com vergonha de dizer que não como salada, não gosto de comer o pão dormido ou que a carne é muito dura...



Dizem que Jesus, quando era criança, vivia subindo em árvores para colher frutas e, quando descia, distribuía todas elas às outras crianças. 



Talvez alguém tenha inventado uma bela história sobre Jesus. Mas você não acha que ele era assim mesmo? 
Uma pessoa que respeitava muito a criação de Deus e amava todas as pessoas? Por isso é fácil entender que realmente dividia sua comida com os outros e certamente não deixava comida no prato..."


Letícia Müller 

beijinhos de agradecimento pelo pão de cada dia...

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!