Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
Com muitas novidades!

28 de abr de 2015

Vamos sorrir...
















Comemore...sorrindo!!

beijinhos de luz...

Dia Mundial do Sorriso.


Sorria gurizada...sorrir faz bem à saúde

beijinhos de alegria...

O Cão Raivoso


Um cachorro costumava atacar de surpresa, e morder os calcanhares de quem encontrasse pela frente.

Então, seu dono pendurou um sino em seu pescoço, pois assim podia alertar as pessoas de sua presença, onde quer que ele estivesse.

O cachorro cresceu orgulhoso, e vaidoso do seu sin8o, caminhava tilintando-o pela rua, como se aquilo fora um grande trófeu por méritos, que o tornava superior aos demais.

Um velho e experiente cão de caça então lhe disse:

"Por quê você se exibe tanto? Este sino que carrega, acredite, não é nenhum indício de honraria, mas antes disso, uma marca de desonra, um aviso público para que todas as pessoas o evitem por ser perigoso."

*Esopo*


Moral da História:
Engana-se quem pensa que o fato de ser notório o tornará honrado.


22 de abr de 2015

Dia da TERRA


Cuidem do nosso planeta com carinho!

beijinhos de alegria!!

19 de abr de 2015

Índio Zangado


Na aldeia Povo Valente os índios andavam preocupados porque havia um deles que vivia zangado, todos os dias, nada o fazia sorrir.

O pajé mandou buscar na cidade dos brancos um palhacinho para animar a Festa da Lua Cheia e ver se conseguia alegrar o Índio Zangado colocando alguns sorrisos na sua cara carrancuda.

Mas o pajé não contou para nenhum deles o porquê de convidar o palhacinho.

Na noite da festa todos se reuniram no terreiro, ao redor de uma enorme fogueira, a fim de dançarem para a Deusa Lua, agradecendo a fartura da colheita e o nascimento de seis indiozinhos na aldeia.

Enquanto cantavam e dançavam Índio Zangado estava lá num cantinho, sozinho, amuado, não quis participar da homenagem à Deusa Lua nem mesmo quando o pajé ameaçou puxar-lhe as orelhas.

Ao término da dança homenagem os índios foram para outro terreiro mais ventilado onde o palhacinho estava esperando para apresentar o seu espetáculo. 

Sentaram-se no chão, pernas cruzadas, ansiosos e atentos à espera do encantamento do palhacinho branco .

O palhacinho se apresentou fazendo algumas estripulias, cantando musiquinhas alegres, falando piadinhas cômicas, dando cambalhotas ao redor dos índios sentados em círculo no meio do terreiro.

Ao chegar pertinho do Índio Zangado o palhacinho se assusto com a sua cara fechada , deu um grito e saiu correndo. Índio Zangado não aguentou com o espanto do palhacinho e caiu na gargalhada.

A princípio os índios não entenderam o que havia acontecido mas acompanharam Índio Zangado nas suas gargalhadas gostosas e, em pouco tempo toda a aldeia estava sorrindo.

E o palhacinho, o que aconteceu com ele? Ah! Vocês nem imaginam!! O palhacinho correu sem parar até a cidadezinha perto da aldeia, com medo da carranca de Índio Zangado.

A partir daquele dia Índio Zangado sorria sempre e sorria mais gostoso quando se lembrava do susto que o palhacinho levou com a sua carranca.

Quando Índio Zangado sorriu e se viu no espelho da água cristalina do rio, gostou por demais da sua nova face risonha.

Portanto galerinha...sorria!! Assim vocês ficam bem mais bonitos e agradáveis!!


*soninha*

beijinhos de luz...

19 de abril Dia do Índio


Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!