Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

9 de set de 2014

O Canto do Sabiá


Lurdinha morava com os seus pais no alto de uma colina onde havia algumas árvores sempre visitadas por muitos sabiás que ali se reuniam para cantar. 

Era muito gostoso de se escutar aquelas aves tão lindas e pequeninas entoando um canto tão afinado.

Um dia a menina pediu a sua mãe para lhe colocar nas aulas de canto pois ela queria cantar igual aos sabiás. 

A sua mãe, D. Arlinda, sabia não ser possível uma criança cantar igual a um pássaro, então tentou o fazer com que a criança desistisse do seu desejo de cantar igual ao sabiá, e lhe falou: 

- Lurdinha minha filhinha linda, eu posso lhe colocar nas aulas de canto sim, mas saiba que você jamais irá cantar igual a um sabiá. 

_ Por que mamãe? Por que eu não posso cantar  igual ao sabiá?? Eu vou me esforçar e lhe mostro que posso, falou Lurdinha quase chorando. 

- Eu sei que você é esforçada, dedicada e responsável minha filha, mas o seu aparelho vocal é diferente do pássaro e nem você cantará igual a ele nem ele cantará igual a você, pois Deus nos criou diferentes, respondeu D. Arlinda com muito carinho.

- Aparelho o quê?? VOCAL?? Que é isso mamãe?? 

 _ É o que você, eu, seu pai e todas as pessoas têm e que serve para falar, cantar etc. 
É também chamado "Aparelho Fonador". 

- Ah! mamãe, será que existe alguma loja onde eu possa comprar um igual ao do sabiá e usar para cantar?? 

_ Não filhinha!! Não pode não, porque este aparelho vem conosco quando nascemos e quando os pássaros nascem trazem o seu e não é vendido em lojas. 

- Que pena mamãe!! Estou muito triste!!

 _ Não fique triste não filhinha, você não pode cantar igual ao sabiá mas pode tentar cantar com a sua voz....quem sabe não vai agradar a todos?? 

Mais animada com as doces palavras da sua mãe Lurdinha resolveu frequentar as aulas de canto mesmo sabendo que não cantaria igual ao sabiá. 

D. Arlinda matriculou Lurdinha nas aulas de canto e após alguns meses a menina era muito elogiada pela professora que dizia: 

# D. Arlinda minha amiga, essa sua filha possui uma voz tão linda e canta tão afinado que é mais bonito o seu canto do que o canto do sabiá!! 

Lurdinha ouvindo aquilo quase desmaia de emoção e alegria. 
Deu pulos de alegria, abraçou a sua mãezinha e saiu dançando com ela enquanto lhe segredava ao ouvido: 

- Tá vendo mamãe? Tá vendo só?? 
Eu sou melhor que o sabiá!! 

D. Lurdinha sabia que não era verdade, que nenhum ser humano consegue cantar mais afinado e mais bonito do que um sabiá e que a professora havia dito aquilo para agradar a menina e lhe incentivar a se dedicar cada vez mais aos estudos e não iria desagradá-la então, abraçada a sua filha saiu cantarolando: 

Você conhece a Lurdinha? 
Já escutou o seu cantar? 
Ela canta mais bonito 
Do que os passarinhos 
Até mesmo o sabiá 
Se você está duvidando 
Venha ouvir o seu cantar...
Venha ouvir o seu cantar...
Venha ouvir o seu cantaaaaaaaaaaarrrrrrrrr...

- Cantando assim mamãe você irá tomar o meu lugar!!!
Brincou a menina.

Saíram abraçadinhas e felizes, pela calçada, cantarolando, enquanto as pessoas que as viam
olhavam espantadas, sorrindo e curiosas para saberem a causa de tanta felicidade.

A causa de tanta felicidade?! 
O amor entre mãe e filha!!

*soninha*

beijinhos de alegria

#setembroazul
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!