Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

21 de out de 2014

Ter um Animal de Estimação Faz Bem Para As Crianças

Conviver com animais nos dá mais do que alegria e boas risadas. Tê-los por perto beneficia a nossa saúde diretamente. Para as crianças, este convívio proporciona uma série de benefícios que as ajudarão em seu desenvolvimento desde pequenas, proporcionando o aparecimento de anticorpos e, deste modo, evitando futuros problemas, como alergias, por exemplo.
Além disso, a coordenação motora é outro fator a ser desenvolvido de maneira natural na interação da criança com o animal, seja acariciando-o, brincando e correndo junto a ele. Aqui, a criança poderá aprender a medir a força de suas ações, a ganhar noção de espaço e dar e receber estimulos. O convívio também a auxiliará no entendimento sobre o ciclo natural da vida, onde ela verá o animalzinho crescendo e se desenvolvendo. 
Caso esteja pensando em ter um “novo membro” em sua familia, atente-se aos seguintes fatores:
Atenção 
Todo animal precisa de atenção, principalmente enquanto for um filhote. Caso você tenha um bebê em casa, aconselha-se esperá-lo crescer um pouquinho. Assim, sua atenção não ficará dividida entre os dois e a criança poderá curtir o bichinho muito mais. 
Local 
Consulte um veterinário e peça ajuda quando for escolher qual animal levar para casa. Alguns deles, como os cães de médio e grande porte, precisam de espaço para correr e brincar. Outros, como os gatos, adaptam-se bem em locais menores, mas seus pelos podem ser uma preocupação, dependendo das sensibilidades alérgicas já existentes na família. É importante avaliar sua casa para levar o bichinho que mais se adeque ao tipo de casa e aos hábitos da família. 
Qual escolher? 
Outro conselho a se pedir ao veterinário é sobre qual raça/animal escolher. Existem raças e animais mais receptivos as crianças pequenas, outros, as crianças maiores. Tudo irá variar conforme a idade e personalidade da criança. 
Amor, carinho e cuidado 
Escolher ter um animal de estimação requer, além de muito amor, muitos cuidados também. 
Entre eles estão: 
- Manter em dia as vacinas, o banho e a tosa (caso seja necessário);
- Castração;
- Identificação (coleira com dados dos donos, caso se perca);
- Comida e água filtrada;
- Local adequado, confortável e protegido para dormir;
- Limpeza regular de gaiolas, aquários e demais ambientes próprios;
- Providências a serem tomadas caso a família viaje como local para deixar o animal ou verificar se o local de destino da família autoriza a sua entrada.
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!