Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
São João está chegando...

21 de out de 2014

Ter um Animal de Estimação Faz Bem Para As Crianças

Conviver com animais nos dá mais do que alegria e boas risadas. Tê-los por perto beneficia a nossa saúde diretamente. Para as crianças, este convívio proporciona uma série de benefícios que as ajudarão em seu desenvolvimento desde pequenas, proporcionando o aparecimento de anticorpos e, deste modo, evitando futuros problemas, como alergias, por exemplo.
Além disso, a coordenação motora é outro fator a ser desenvolvido de maneira natural na interação da criança com o animal, seja acariciando-o, brincando e correndo junto a ele. Aqui, a criança poderá aprender a medir a força de suas ações, a ganhar noção de espaço e dar e receber estimulos. O convívio também a auxiliará no entendimento sobre o ciclo natural da vida, onde ela verá o animalzinho crescendo e se desenvolvendo. 
Caso esteja pensando em ter um “novo membro” em sua familia, atente-se aos seguintes fatores:
Atenção 
Todo animal precisa de atenção, principalmente enquanto for um filhote. Caso você tenha um bebê em casa, aconselha-se esperá-lo crescer um pouquinho. Assim, sua atenção não ficará dividida entre os dois e a criança poderá curtir o bichinho muito mais. 
Local 
Consulte um veterinário e peça ajuda quando for escolher qual animal levar para casa. Alguns deles, como os cães de médio e grande porte, precisam de espaço para correr e brincar. Outros, como os gatos, adaptam-se bem em locais menores, mas seus pelos podem ser uma preocupação, dependendo das sensibilidades alérgicas já existentes na família. É importante avaliar sua casa para levar o bichinho que mais se adeque ao tipo de casa e aos hábitos da família. 
Qual escolher? 
Outro conselho a se pedir ao veterinário é sobre qual raça/animal escolher. Existem raças e animais mais receptivos as crianças pequenas, outros, as crianças maiores. Tudo irá variar conforme a idade e personalidade da criança. 
Amor, carinho e cuidado 
Escolher ter um animal de estimação requer, além de muito amor, muitos cuidados também. 
Entre eles estão: 
- Manter em dia as vacinas, o banho e a tosa (caso seja necessário);
- Castração;
- Identificação (coleira com dados dos donos, caso se perca);
- Comida e água filtrada;
- Local adequado, confortável e protegido para dormir;
- Limpeza regular de gaiolas, aquários e demais ambientes próprios;
- Providências a serem tomadas caso a família viaje como local para deixar o animal ou verificar se o local de destino da família autoriza a sua entrada.
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!