Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

27 de jun de 2012

JULINHO E A LIBÉLULA



Julinho tinha um medo terrível das libélulas porque ele não as conhecia direito e temia que elas pudessem transmitir doenças do tipo dengue, malária etc.Depois que ele ficou sabendo que elas são inofensivas encheu-se de coragem e adotou uma para ser a sua amiguinha do coração.

A mãe dele porém, tinha tanto medo destes insetos, que desmaiava sempre que uma delas pousava perto dela ou passava de raspão pela sua cabeça quando estavam voando.Para evitar que a sua mãe o repreendesse por causa da sua mais nova amiga,Julinho colocou-a no seu dedo,falando-lhe com todo carinho possível: 

- Linda libélula, seremos amigos por toda a nossa vida mas vou pedir-lhe um favor. 

- Pode pedir, respondeu a libélula com a sua vozinha miúda e suave. 

- Não apareça perto da minha mãe porque ela tem pavor de vocês libélulas e passa mal quando uma se aproxima dela. 

- Tudo bem,respondeu a libélula ao seu amigo. 

Os dias se passaram e Julinho se tornou cada vez mais amigo dela,a quem ele contava os seus segredos e os seus sonhos, deixando-a sempre no seu quarto, sobre o seu armário a fim de que a sua mãe não a encontrasse. 

Uma manhã Julinho saiu para a escola e a sua mãe foi realizar uma faxina no seu quarto; quando ela começou a rodar a chave na fechadura,a libélula mais do que ligeira saiu voando antes que ela entrasse e pudesse se assustar.Sabia que Julinho estava na escola e só poderia ser a mãe dele a abrir a porta,e não queria assustá-la. 

Quando o menino voltou da escola indo direto ao seu quarto para brincar com a sua amiguinha,nada! Procurou muito e não a encontrou.E o pior é que não podia perguntar a sua mãe se a tinha visto pois se perguntasse a mãe descobriria o seu segredo e o repreenderia. 

Julinho chorou com saudades da sua amiguinha e nunca mais guardou bichinhos com asas pois sabia que mais cedo ou mais tarde eles voariam e iriam embora deixando apenas a saudade no lugar. 

soninha 

beijinhos de luz
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!