Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

13 de mai de 2011

Rex e as pulguinhas



Julinho sonhava em ganhar um cãozinho para ser o seu animalzinho de estimação amigo e companheiro de brincadeiras para todos os dias e todas as horas...assim ele dizia.

Choramingava aos ouvidos da mãezinha falando:

- Deixa maminha, deixa eu cuidar de um cãozinho! Você vai ver como eu terei cuidado com ele...e já escolhi o seu nome: será rex!

Choramingava e saía dando pulinhos de felicidade como se já houvesse ganho o cãozinho.

Tanto chorou e pediu, que dona Rosinha resolveu comprar um cãozinho lindo, todo marronzinho, e lhe deu de presente no dia do seu aniversário.

Julinho não fazia outra coisa a não ser brincar com rex. Levava o cãozinho para todos os lugares e passeios; o cão dormia aos pés da sua cama , brincava no parquinho, no jardim e até na escola ele já havia levado para que os seus coleguinhas e a sua professora o conhecesse.

Numa manhã ensolarada Julinho levou rex ao parquinho onde ele brincou com outros cães que ali estavam com os seus donos, a passear.

Puxa vida! Julinho nem imaginava que o seu amigo iria "pegar" pulgas...

Pois é! O rex voltou para casa a se coçar...

Coça daqui...coça dalí...coça de lá...coça de cá...uma coceira que não parava nunca.

O garoto falou com a sua mãe e, juntos, foram ver o que estava acontecendo para o cão se coçar tanto...

- Ai...ai...ai...ai...ai...falou dona Rosinha.

Cachorro com pulga aqui em casa não vai dar certo...

- hummmm...hummm...nãnãnãnão....e continuou resmungando.

Julinho, mais que depressa lhe disse :

- A senhora nem pense que eu vou abandonar meu amigo por causa de umas pulguinhas,porque eu não vou! Vamos arranjar remédio para matar as pulgas do mesmo jeito que a senhora arranjou para matar os piolhos que eu trouxe na minha cabeça, quando fui à escola.

Dona Rosinha calou-se, envergonhada só de pensar em soltar o rex na rua por causa das pulgas, trocou de roupa e foi, ligeirinha, ao veterinário levando o cão para que ele o examinasse e prescrevesse um remédio.

O veterinário avaliou o rex, entregou a receita a dona Rosinha que, mais do que ligeirinha, comprou o remédio na farmácia e, em casa, começou a passar no cão, imediatamente.

Julinho ficou hiper feliz com a sua mãe, agradeceu-lhe dando-lhe muitos beijinhos na sua bochecha e, nem precisa dizer o quanto ele pulou de felicidade, porque não devemos abandonar os nossos amigos, nunca!

Cuidem bem dos seus amiguinhos principalmente quando eles mais precisarem pois eles não sabem cuidar de si mesmos e por isto precisam de nós.

bjs,soninha


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!