Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

22 de jan de 2014

A Girafinha Curiosa


"Curiosa" morava com a sua família no Reino Encantado das Girafas onde todas elas eram unidas pelo carinho e a amizade. 

Certo dia "Curiosa" estava passeando pelo campo quando encontrou um visitante meio estranho que ela desconhecia e ficou muito, muito assustada, temendo pela sua segurança. Com a voz trêmula a girafinha perguntou:

 _ Quem é você ser estranho? 

- Eu não sou "ser estranho", eu sou um tamanduá. 


_ "Taman o quê?" perguntou "Curiosa" com um ar de preocupação e assombro estampado na sua carinha.


 - "TAMANDUÁ", ora bolas, nunca ouviu falar em mim ? perguntou o visitante. 

_Não, nunca ouvi, respondeu a girafinha. O senhor veio do ar? 


- Se eu vim do ar? por que esta pergunta? falou o tamanduá, surpreso.


 _ Ora, seu nome não é "tamanduar"? então o senhor deve ter vindo do ar...falou baixinho a girafinha, assustadinha com a possível reação do visitante.


 - Não é "tamanduar" não ó menina, é "TAMANDUÁ", não tem nada a ver com o "ar".


 _ Ahhh!! desculpe senhor "tamanduá", eu escutei errado e me atrapalhei, e o senhor não precisa ficar aborrecido porque nós, as girafas, somos de paz! O que o senhor faz na vida senhor "tamanduá"? 


- Eu? eu, eu, eu, eu vivo por aí...Sou mansinho, não procuro briga, me escondo dos caçadores que gostam de me comer , e caço formigas,cupins e larvas de besouro para me alimentar. 


_ O senhor come estes bichinhos inofensivos que não podem se defender? Que maldade senhor tamanduá!! falou a girafinha indignada. 

- Maldade porquê? Você e as outras girafas não se alimentam?  

_ Porque o senhor deveria deixar os bichinhos em paz e se alimentar de folhas, flores, frutos, casca de árvores, capim,brotos das árvores, como nós fazemos. 

- Jamais!! falou o tamanduá; jamais comerei estas bobagens.

_ Está bem senhor, me desculpe e me responda uma coisinha: o que o senhor está fazendo aqui no nosso Reino? 

- Eu estava apenas passeando e vendo se encontrava algumas formiguinhas para o meu jantar, disse o tamanduá. 

_ Pois o senhor fique sabendo que daqui do nosso Reino o senhor não vai levar nenhum desses bichinhos. 

Dito isto a girafinha correu e foi chamar as girafas adultas a fim de colocarem o tamanduá para fora das suas terras. 


As girafas foram ligeirinhas até o local indicado por "Curiosa", lá chegando encontraram o tamanduá "fuçando" a terra buscando por formiguinhas para encher a sua pança enorme. 



Assustado com as girafas ele parou o que estava fazendo, ficou bem quietinho e falou bem alto:

 - Me perdoem senhoras girafas! Me perdoem!! Nunca mais venho fuçar as formiguinhas do vosso Reino. 

O tamanduá falou tão alto, mas tão alto, que todas as girafas pararam e ficaram a escutá-lo, assombradas com a potência da sua voz. 

Depois de alguns minutos a Girafa Rainha adiantou-se um pouco, dirigindo-se ao tamanduá com a sua voz mansa e suave: 



# Tudo bem senhor "tamanduá", tudo bem! Desta vez nós lhe desculpamos mas se o senhor insistir em voltar para comer as formiguinhas, vamos enxotá-lo do nosso Reino debaixo de uma longa e cansativa carreira. 

O "tamanduá", choramingando, agradeceu às girafas, despediu-se com um breve aceno e saiu na sua marcha lenta e pesada para fora do Reino Encantado das Girafas. 


Desde então ele nunca mais se atreveu a visitá-las e as formiguinhas que ali viviam ficaram muito agradecidas às girafas por terem salvado as suas vidas.

*soninha*

beijinhos de luz...
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!