Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

5 de ago de 2011

O Gato zezito


O GATO ZEZITO
Zezito é um gato muito, muito engraçado. Enquanto os seus amigos saem pelas ruas passeando, conhecendo novos becos e telhados, ele fica no jardim entre as flores, se aquecendo ao sol e tentando ver como é que o sol brilha e aquece tanto.

Um dia o seu pai, o gato valente perguntou-lhe:

- O que você tanto faz olhando para o alto, meu filho?

_ Eu queria descobrir, paizinho, como se acende a luz e o aquecedor do sol.

- Oh! filhinho! Isto,  nós nunca vamos descobrir.

_ Por que paizinho?- perguntou zezito.

- Porque nós não sabemos ler e não podemos pesquisar nos livros.

_ E se eu perguntar ao meu amigo Ronaldo, será que ele me diz?

- Filho, os humanos não entendem a nossa linguagem, só se for em sonhos...

_ Está bem paizinho, pois será em sonho, mas eu vou tentar quando ele voltar de viagem.

Os dias se passaram e Ronaldinho chegou de viagem, trouxe mimos para os pais e os seus gatinhos amados. Zezito ganhou uma linda bolinha colorida .Radiante e ansioso para chegar a noite quando todos dormiriam e ele poderia fazer as suas perguntas ao garoto.

Enfim, todos adormeceram na casa e, em sonhos o garoto saiu para passear com o zezito e o seu pai, valente, pelo jardim da casa. O gatinho ansioso virou-se para o menino e perguntou:

_ Amigo, como se liga a luz e o aquecedor do sol?

- Hahahaha!!! sorriu o menino. Ô zezito, criatura inocente, o sol não possui nenhum interruptor.

_Ãhhnn...éééé..??? E como é que é, então...

- O sol, meus amigos, falou o menino se dirigindo ao gatinho zezito e o seu pai, valente, é uma estrela feita de gás em alta temperatura por isto brilha e aquece e, como fica próximo da Terra onde estamos, podemos sentir a sua luz e o seu calor.

_ E o quê mais? - perguntou zezito.

- Por enquanto esta sua cabecinha só precisa desta informação, está bem amiguinho? Quando você ficar maiorzinho eu lhe ensino mais. E agora vamos voltar para casa que a noite está esfriando...

Ronaldinho retornou do sonho, para sua casa, e todos se deitaram nas suas caminhas onde os seus corpinhos estavam esperando por eles.

O dia amanheceu e lá estava, novamente, o zezito no meio das flores olhando o céu, com as mesmas perguntinhas brincando dentro da sua cabecinha.

beijinhos

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!