Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

12 de jun de 2013

Criança Birrenta 2


Acima de Tudo, Eduque.
É importante que a criança saiba que seus atos terão conseqüências, por menores que sejam. Rabiscou ou rasgou o dever de casa? A criança vai ter que explicar à professora. Quebrou o brinquedo? Não vai ter reposição”.

Se o pequeno fez cara feia para alguma coisa, mande-o para o quarto dele e só o deixe sair de lá quando for capaz de esboçar um sorriso sincero. Outra alternativa é retirar algo que ele goste, como um brinquedo, por exemplo. O prazo para o mimo ficar separado da criança deve variar conforme o tipo de birra feita.

Para evitar contestações do tipo “Por que eu tenho que fazer isso?”, crie uma rotina para a criança e envolva a família inteira nessa. É importante o pequeno ter certos “deveres diários” e entender que aquilo deve ser feito para que ele contribua com a família.

Em qualquer situação, ao invés de dizer “não”, tente fornecer alternativas para a criança. Responda, por exemplo, que ela pode assistir TV assim que guardar os brinquedos ou que pode comer chocolate depois de jantar. Use sempre o “sim” nesse casos, junto com a condicional.

O Poder da Música
Se o choro não para, procure alguma coisa que acalme o seu filho. Os sons são bons aliados nessa hora, desde o barulho do aspirador de pó até uma música clássica.

No carro, o recurso sonoro também pode funcionar muito bem e evitar reclamações, principalmente no caso de viagens longas. E não precisam ser só músicas, CDs de histórias também costumam entreter as crianças. Se seu carro não tiver aparelho de som, experimente cantar junto com o pequeno.
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!