Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

20 de set de 2015

Alergia Alimentar na Infância


O Que é Alergia Alimentar?

A Alergia Alimentar é uma resposta anormal do nosso sistema imunológico a algum alimento. Pode afetar tanto adultos, como crianças, em proporções não muito bem estabelecidas, mas aproximadamente 6% das crianças podem ter algum tipo de alergia alimentar. Em muitos casos, estas crianças melhoram com o crescimento.
 

Quais Alimentos Podem Provocar Alergia Alimentar? 

Praticamente quase todos os alimentos podem provocar reação alérgica, mas em nosso meio, 8 alimentos são responsáveis por 90% das reações:

leite de vaca
ovo
trigo
milho
amendoim
soja
peixes
frutos do mar

Quais São Os Sintomas Da Alergia Alimentar?

Os sintomas podem variar de leves a graves e sempre ocorrem após minutos até duas horas do contato com o alimento. Entre eles podemos ter:

- Coceira na boca

- Inchaço de lábios, rosto, língua, pálpebras, garganta e outras partes do corpo

- Fechamento da garganta, com dificuldade para respirar

- Cólicas abdominais, diarreia, náuseas ou vômitos

- Vermelhidão no corpo, com placas elevadas na pele, com coceira

- Tontura, desmaio e perda da consciência

Anafilaxia: reação alérgica mais grave, que inclui dificuldade para respirar, queda da pressão arterial, levando à perda da consciência. Pode ser completamente súbita e inesperada. Tem risco de vida e deve ser prontamente atendida em serviço de emergência.


Qual O Tratamento Para Alergia Alimentar?

Uma vez confirmada a suspeita, o alimento deverá ser eliminado da dieta por um tempo determinado e reintroduzido novamente. A confirmação do diagnóstico é feita, se na eliminação, os sintomas desaparecem e na reintrodução, eles voltam a aparecer. Em caso positivo, este alimento deverá ser eliminado da dieta como tratamento.

Qualquer contato com o alimento, a criança poderá ter reação desde leve, até mais grave. Então, é importante que os pais e cuidadores sejam bem orientados quanto a conduta a ser tomada frente frente qualquer reação, reconhecê-la, dar o primeiro atendimento e encaminhar para um serviço de pronto atendimento de urgência. 

Felizmente, a grande maioria das crianças com alergia alimentar torna-se tolerante com o crescimento, podendo voltar a se alimentar, mesmo com os exames de dosagem de IgE ainda positivos. 

Por isso, a importância do acompanhamento especializado, para a orientação da melhor época para a tentativa de reintrodução do alimento. 


Ao menos sinal leve a criança imediatamente à Emergência e siga as orientações do
Médico Pediatra.

beijinhos de paz!
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!