Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

23 de set de 2015

A Caixinha de Segredos


Laurinha, uma garota educada, estudiosa e meiga, morava com os seus pais, estudava na Escola Pública na sua cidadezinha do interior do Reino Mágico e gostava muito de escutar as historinhas contadas pela sua avó.

Uma noite em que a menina ia dormir com a sua avó, pediu permissão pra deixá-la levar duas coleguinhas de escola: a Fabi e a Ivis, A vovó que era muito boazinha permitiu e assim as três garotas foram para a casa de D. Rosita, a vozinha da Laurinha.

Chegaram no finalzinho da tarde, tomaram um delicioso banho num chuveirão com a água morninha e bem gostosa. Jantaram comidinha caseira feita pela vovó e comeram doce de goiaba na sobremesa. Eram goiabas grandes e bem vermelhinhas colhidas no pomar ao lado da casa da boa velhinha.

Tudo era simples naquele cantinho da D. Rosita. Não havia televisão, nem videogame , rádio ou celular,então elas inventavam brincadeirinhas para se distraírem, e a boa velhinha inventou a brincadeira da "Caixinha de Segredos".

A brincadeira consistia em cada pessoa escrever num pedacinho de papel um segredinho que nunca havia contado a alguém e colocar dentro de uma caixinha. Quando todos tivessem colocado o seu segredo na caixinha, a vovó iria ler um a um...

Foi muito engraçado!!

A vovó também teve que ler o seu e sabem o que ela havia escrito?

- "O meu segredo é bobo; é um sonho que sempre tive, de ter uma TV bem grande para me distrair quando estou sozinha nesta casa."

- Todos sorriram do segredinho da vovó...

A Laurinha tinha um segredo bem colorido: 
"Usar batom e blush"

- Mais gargalhadas pipocaram na salinha onde elas brincavam.

Fabi sonhava com um príncipe encantado chegando na sua casa montado em um lindo cavalo branco, chamando-a na janela do seu quarto para ir com ele morar na lua.

- Esta foi demais! gritaram todos e caíram na gargalhada.

E Ivis desejava viajar, viajar, viajar pra conhecer muitos lugares e muitas pessoas. Mas como viajar se os seus pais viviam se queixando que nunca tinham dinheiro suficiente para as despesas do dia-a-dia?

- Tadinha da Ivis!! 
Vai ter que esperar muito, sussurraram baixinho.

Ao término da brincadeira comentaram os seus segredos que deixaram de ser segredos e depois foram dormir.

Deitada numa cama macia, com lençóis e fronhas cheirosinhos, Laurinha falou para as amiguinhas:

_ Eu amo esta casa da minha vovó! É tudo tão simples mas é tão gostoso!! 
Ela está sempre bem disposta, alegre, nunca se aborrece com a gente, é muito bom!

Ééééé falaram Ivis e Fabi, mas nós estamos com um soooonno...e bocejaram com vontade!

Quando olharam para Laurinha, ela estava abraçadinha com a sua bonequinha de pano roncando alto...

Coisa boa é vida de criança!!

*soninha*

beijinhos de luz...


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!