Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

17 de jun de 2011

As Gotinhas Mágicas


De repente, no Reino dos Pequeninos as crancinhas começaram a apresentar febre, mal estar,dor de cabeça,sonolência, dores musculares, corpo dolorido, algumas apresentavam náuseas e vômitos, outras, além disto elas apresentavam  diarréia e algumas, uma forte dor de garganta.

O Rei estava muito preocupado porque depois de todo este mal estar elas ficavam com as perninhas bem magrinhas, atrofiadas, paralisavam e não conseguiam andar; e algumas ficavam com uma perna  fininha e a outra saudável.


Sem saber o que fazer o rei e a rainha choravam muito e oravam pedindo ao Papai do Céu que lhe enviasse uma solução para aquele problema tão grave.

Quando eles estavam deitados para dormir, a fadinha azul entrou nos aposentos do rei e falou:

- Majestade, eu vim trazer um remedinho para o senhor aplicar nas criancinhas que ainda não adoeceram para que elas não fiquem iguais às outras, com paralisia das perninhas.

O Rei assustado com a visão perguntou:

* Quem é você e quem lhe mandou?

- Sou a fadinha azul e Papai do Céu me mandou para lhe ajudar.



* E as criancinhas que já adoeceram, não podem usar?

- Não, elas não voltarão a andar nunca mais, mas as que estão boas o senhor pode proteger com estas gotinhas. Cada criança deve tomar duas delas, em qualquer horário.




 * E quem fez estas gotinhas, perguntou o rei.

- Ah! foi há muito muito tempo, dois homens estudiosos, Jonas Salk e Albert Bruce Sabin, conseguiram descobrir estas maravilhas.

* Está bem, está bem, falou o rei completando: - O que interessa no momento é salvar as crianças que nos restam para que o nosso Reino não venha a ser o Reino das Crianças Paralíticas.

A fadinha azul entregou ao rei um vasilhame geladinho onde havia muitas e muitas gotinhas, suficientes para proteger todas as criancinhas que necessitavam.

No dia seguinte, o rei convidou todos os pais para um encontro na Praça da Águia, uma linda e enorme praça no centro do Reino, e falou sobre a fadinha azul, as gotinhas e que as crianças ainda saudáveis terian que tomar as duas gotinhas e as outras, infelizmente, nunca mais voltariam a andar e ele iria proviedenciar uma maneira de ajudá-los.

Muitos pais choraram porque os filhos já estavam paralíticos e muitos outros ficaram felizes porque ainda podiam proteger os seus pequeninos.



E foi assim que as gotinhas se espalharam pelo mundo e até hoje elas vão de cidade em cidade para protegerem as crianças desta terrível doença que paralisa as perninhas e não permite que ela pulem, corram, brinquem de amarelinha , andem , joguem bola...etc.





É amanhã o dia de tomarem as gotinhas...
 Não Faltem!

bjs,soninha

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!