Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

23 de fev de 2012

23 fevereiro: Dia do Surdo Mudo no Brasil




Os surdos-mudos se comunicam através de sinais que significam letras,
não é interessante?

Curiosidades:

1. Embora timidamente, começam a surgir alguns sinais de maior integração entre a comunidade e os deficientes auditivos e de fala, onde estes últimos têm inclusive a oportunidade de fazer o papel de mestre para aqueles que, um dia, vão estar cuidando de sua saúde.

2. Recentemente, o curso de medicina da Unicamp foi o vencedor do concurso de melhor Trote da Cidadania. O projeto do curso de medicina da Unicamp foi realizado por calouros e veteranos, entre outros locais, no Círculo de Amigos dos Deficientes Auditivos e da Fala (Cadaf), onde fizeram um "pedágio" com distribuição de adesivos com as inscrições "Uso branco pela paz". Segundo Ana Carolina M. Machado, do 3º ano de medicina, no Cadaf, foram os calouros que aprenderam com os deficientes, que lhes ensinaram tudo sobre a linguagem de sinais e alfabeto surdo-mudo.

3. É preciso que a população aprenda sobre os deficientes auditivos e de fala, pelo menos o suficiente para acreditar que eles vão muito além do que as pessoas possam imaginar em matéria de potencialidade, capacidade criativa e de trabalho, como qualquer outro indivíduo. Deficiência física não significa deficiência mental. 

4. Por exemplo, Francisco Goulão, surdo-mudo, é ele próprio um professor de surdos há mais de 22 anos. 
Licenciado pela Universidade de Lisboa, professor no Instituto António Cândido-Porto, em Portugal, um estabelecimento escolar, estatal e especializado na área da surdez. 
O professor Goulão é um estudioso e crítico da LGP, Língua Gestual Portuguesa, e luta pela questão do bilingüismo para surdos, participando de conferências em outros países e escrevendo artigos em jornais e revistas.

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!