Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
Com muitas novidades!

5 de dez de 2015

O Morcego e a Doninha


Um morcego desajeitado caiu acidentalmente no ninho de uma doninha, 
que, com um bote certeiro o capturou.

Atemorizado, o morcego pediu que esta lhe poupasse a vida, 
mas a doninha não queria lhe dar ouvidos.

"Você é um rato," ela disse, "e eu sou por natureza inimiga dos ratos. 
Cada rato que pego, evidentemente, me serve de jantar, essa é a lei."

"Mas, a senhora veja bem, eu definitivamente, não sou um rato!" tentou se explicar o infeliz morcego."Veja minhas asas. Você já viu um rato que é capaz de voar? 
Claro que sou apenas um tipo de pássaro, de uma variedade, podemos afirmar, um tanto exótica. 
Por favor me deixe ir embora!".

A doninha, olhando melhor para sua vítima, concordou que ele não era um rato e o deixou ir embora. 

Mas, alguns dias depois, o mesmo atrapalhado morcego, cegamente, caiu outra vez no ninho de outra doninha.

Ocorre que esta doninha era inimiga declarada de todos os pássaros, e logo que o tinha em suas garras, preparou-se para abocanhá-lo.

"Você é um pássaro," ela disse, "por isso mesmo o comerei!"

"O que?", exclamou o morcego, 
"Eu, um pássaro! Isso é quase um insulto. 
Todos os pássaros possuem penas! 
Cadê minhas penas, você é capaz de vê-las? 
Claro que não sou nada além de um simples rato. 
Tenho até um lema que é: Abaixo todos gatos!"

E o morcego teve sua vida poupada pela segunda vez.

Moral da História:
Sábio é aquele que é flexível, que sabe analisar a situação
 e agir de acordo com as circunstâncias.

Gostaram?
Se gostaram, contem para os coleguinhas...
passe adiante!

beijinhos de luz!
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!