Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

9 de abr de 2010

FLOQUINHO GELADINHO


A cidade estava em alvoroço por causa de uma nevada fora de época.O inverno não tinha chegado mas a temperatura caiu a tal ponto que a neve começou a cobrir os morros que circundavam a cidade, as árvores e os telhados .Vários dias se passaram e a temperatura não mudava.

As crianças bem agasalhadas aproveitaram para fazer um lindo boneco na porta da casa,com direito a um lindo gorro colorido e cachecol; e curtiram muito atirar bolas de neve uns nos outros.Com as faces esfogueadas pela brincadeira, entraram em casa como foguetes disparados em alta velocidade, pedindo lanche pois estavam famintos.

Enquanto eles lanchavam um delicioso chocolate quente com biscoitos amanteigados e assistiam desenhos animados na TV, tudo ao mesmo tempo,a Natureza começou a mudar sem que eles percebessem. Estavam tão entretidos com os desenhos, depois o vídeogame que nem se incomodaram quando o sol brilhou no céu e começou a invadir, bem devagarinho, as persianas da sala e dos quartos.

Aos poucos o lindo boneco de neve derretia enquanto as crianças brincavam.De repente Luisinho sentiu o calor do sol invadindo a sala e lembrou-se do boneco que haviam deixado lá fora.Saíram às pressas, correndo, afobados chegando todos,ao mesmo tempo, junto ao boneco.


- Que pena! Falaram em coro.


- Que pena porquê?!


- Quem falou? perguntaram.


- Sou eu,  floquinho de neve!


- Ó floquinho, só sobrou você?!


- Só!

- E agora, como você vai resistir com este sol que está esquentando cada vez mais?


- Vocês me colocam numa tigelinha e me guardem no freezer e, quando chegar o inverno de verdade , vocês me colocam de volta em um novo bonequinho. Que tal?!


- Bacana a idéia, falaram todos.Mas se alguém pegar você na hora de limpar o freezer e jogar fora?

- Ora, ora...Vocês me dão um nome, colocam uma etiqueta, avisa ao pessoal da casa e eu vou mudando de freezer em freezer, de casa em casa quando forem fazer a tal limpeza.Tá bom assim?!

- Legal! Falaram as crianças. Este floquinho é mesmo muito inteligente.E que nome nós daremos a ele?!

- Floquinho geladinho! Gritou Juninho.

- Gostei, falou o floquinho, sorrindo muito.

E assim foi feito.

Colocaram floquinho geladinho numa tijelinha com tampa para ser guardado no freezer após terem comunicado aos pais, irmãos e serviçais das casas e uma etiqueta bem grande com letras bem coloridas na tampa,escrito:

- "FLOQUINHO GELADINHO", cuidado, não abram!


Ninguém,absolutamente ninguém entendeu nem acreditou naquela história mas deixaram a coisa correr solta.

À noite,quando as crianças sentaram-se à porta para olhar o céu estrelado, conversavam e se perguntavam?!
 

- Quando será que este inverno chega meu Deus do céu?!
 

- Eu não sei não, respondeu Miluca;mas eu gostaria de saber mesmo porquê os adultos nunca acreditam no que nós crianças contamos?!
 

- SEI NÃO!! Falaram todos em uma só voz e caíram na gargalhada...
 

bjs, soninha

 
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!