Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

9 de jan de 2011

Vavá o Cachorro Feliz




Era uma vez...

...uma cidade muito linda, que ficava no Reino da Alegria, onde todas as pessoas e os animais viviam na mais perfeita união e felicidade.

Ali havia um cão vermelho amarronzado,que se chamava vavá que era amado pelas crianças e pelos animais menorzinhos. As crianças faziam de vavá, gatos e sapatos.Deitavam e rolavam em cima do cachorro, faziam das suas orelhas deliciosos tobogãs e os animais pequeninos se escondiam dentro delas, o que lhe fazia muitas cócegas.

Uma certa manhã vavá amanheceu indisposto, não quis levantar-se da sua caminha e,quando procurado pela garotada e amiguinhos a fim de brincar,ele se recusou.

Ficaram todos muito preocupados imaginando o que seria que estava acontecendo com ele, e perguntavam-lhe várias vezes:

- O que você está sentindo amigão?

Vavá, com a carinha triste e os olhinhos lacrimejando respondeu:

- Uma dorzinha de cabeça e neste ouvido daqui...e apontava para o ouvido direito.

Enquanto estavam a conversar com o vavá, todos preocupados, dona lelé a mãe das formiguinhas lica e leca,chegou aflita perguntando se eles não tinham visto a lequinha que estava desaparecida desde o dia anterior quando saiu para brincar e não mais voltara.

Ouvindo dona lelé,as crianças se lembraram que alguns bchinhos miudinhos estavam se escondendo na orelha do vavá.

- Será que ela não havia escorregado e caído lá dentro e não conseguiu sair? - falaram todos so mesmo tempo.

- E agora,que vamos fazer? perguntou Juquinha com os olhinhos arregalados de preocupação e medo.

- Vamos ao veterinário, falou Miluca.E vamos logo antes que lequinha morra.

Lá se foram todos eles ao consultório do Dr. Nino. Lá chegando,contaram o que eles estavam suspeitando e pediram ao veterinário para dar uma olhadinha nos ouvidos do vavá para ver se encontrava a lequinha.

O veterinário colocou vavá na mesa de exames e começou a examinar os seus ouvidos com bastante cuidado. Em certo momento,quando ele acendeu a lanterninha no ouvido direito, ele viu bem lá dentro, a formiguinha agitando as mãozinhas ,pedindo socorro.

Dr. Nino com o maior cuidado,com a ajuda de uma pinça bem delicada conseguiu alcançar a formiguinha,pinçando-a com carinho para não machucá-la ,trazendo-a para fora do ouvido do vavá.

Lequinha estava sujinha de cêra e foi preciso um bom banho e uma boa escovadela para que voltasse a ficar limpinha novamente e ainda levou levou um bom carão da sua mãe.

A criançada agradeceu ao Dr.Nino que estava muito feliz por ter conseguido ajudar a resolver um probleminha tão delicado e vavá voltou ao normal; passou a dorzinha de cabeça e do ouvido e  ele fez um imenso cartaz que dizia:

PROIBIDO BRINCAR DENTRO 
DOS OUVIDOS DO VAVÁ!

O cartaz ficou bem à vista de todos e a partir daquele dia as brincadeiras continuaram porém nunca mais o vavá sentiu dor de ouvido....


bjs,soninha


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!