Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

11 de out de 2013

Zeus e a Festa Junina


Vocês se lembram do Zeus? Aquele cão labrador, lindão que se deu mal ao fuçar o formigueiro e que desapareceu naquele passeio à praia? Ele mesmo! Ah! ele teve um São João com muitas peripécias.


A família do Toninho foi passar as festas
juninas no sítio da família e levou o Zeus pois ele não podia ficar sozinho em casa, na cidade. A felicidade deste lindo cão podia se ver nos seus olhos que sorriam . Sim, os seus olhinhos brilhavam tanto que pareciam sorrir.
A viagem foi tranquila até o sítio e a festa foi uma beleza.Muita gente, muita comida típica,fogos,fogueiras e muitas brincadeiras

Zeus estava maravilhado com toda aquela animação.Quando ele via o espoucar dos fogos ele parava a olhar para cima a fim de ver o brilho que enfeitava a noite.Mas, quando ele ouvia o estourar das bombas maiores e dos foguetes, corria rapidinho e se escondia debaixo da cama do seu amigo Toninho e dali somente saía quando sentia que o barulho havia terminado.


Numa destas correrias viu um dos fogos que chamam cobrinha, toda prateada, circulando pelo terreiro. A cobrinha é um dos fogos que a criançada gosta muito de queimar porque ela sai ligeirinha, todinha iluminada. Quando Zeus encontrou com a cobrinha ele até se esqueceu que estava correndo para se esconder e partiu para cima da cobrinha com vontade de pegá-la. Infelizmente ele não conseguiu e ainda ficou com o focinho chamuscado. (rs).


Quando o focinho ardeu acho que ele se lembrou do formigueiro e foi ficar quietinho ao lado do Toninho.O menino vendo Zeus tão quieto,fez carinho nele e lhe deu um bom pedaço da carne que estava assando na fogueira.Zeus aceitou a carne e lambeu as mãos do seu amigo, agradecendo pela carne que havia recebido.


A partir do momento em que Zeus levou o susto com o focinho chamuscado, ele não mais saiu de perto do seu amigo.Dali ele assistiu a quadrilha,os balões subindo bem alto,os fogos no céu,o casamento na roça e toda a alegria que animou a noite de São João.


Quando voltaram para casa após o término das festas, Zeus, no fundo do carro tinha o mesmo olhar que ele mostrou ao retornar do passeio à praia. Olhava para fora pelo vidro do carro, os seus olhinhos tinham um brilho de saudade e duas lágrimas rolaram pelo seu rosto no momento em que o seu amiguinho lhe olhava.


Toninho não sabendo que os cães também choram, ficou assustado e falou para ele com muito carinho: -Não chora não meu amigo, eu lhe prometo que no próximo São João faremos outra festa mais bonita do que esta e você também virá.Zeus parecia haver entendido o que o seu amigo lhe disse, abanou a cauda com bastante animação e a sua face se fez iluminada de alegria.Seus olhinhos estavam brilhando mais que o luar nas noites de lua cheia.

*soninha*

  
Declaração Universal dos Direitos dos Animais

      
ARTIGO 1 :
pata.gif (1411 bytes) Todos os animais nascem iguais diante da vida, e têm o mesmo direito à existência.


beijinhos de luz...
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!