Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

17 de out de 2010

A OVELHINHA PERDIDA



Era uma vez...

...uma linda ovelhinha branca que morava no Reino Mágico com o seu paizinho e a sua mãezinha.Ela gostava de passear pelo campo para ver a aguinha do riacho correndo mansinha...mansinha...como se estivesse cantando uma linda musiquinha...

...lá..lá..lá..lá..ri...lá...lá... 

e a aguinha cantava...cantava...


A ovelhinha conversava com a aguinha e lhe perguntava:


- Aguinha, quem te ensinou a cantar assim tão bonito?


A aguinha toda vaidosa e feliz agradecia cantando cada vez mais alto

:lá...lá...lá...lá...ri...lá...lá...!  e respondia:


- Foi Deus ovelhinha, foi Ele quem me criou com esta vozinha e me ensinou todos os cantos.


A ovelhinha agradecia pela musiquinha :


- mééé...mééé..mééé...e saía cantando e saltitando pelo campo.




Um dia ela se afastou muito da sua casinha e se perdeu no campo.

Olhou para todos os lados e não via nada a não ser o bonito campo verde. Assustada ela correu, correu, até encontrar um  fazendeiro, que lhe deu carinho e perguntou: 




- Quem é você e de onde você veio?

- Eu sou a ovelhinha branca e estou perdida, não sei voltar para minha casa; o senhor pode me ajudar?

- Claro! disse o homem oferecendo-lhe  um pouco de leite pois ele viu que ela estava cansada e com fome.




Quando ela terminou o leitinho ele lhe disse: 

- Agora me fale se você se lembra de alguma coisinha do caminho da sua casinha até aqui.

- Lembro! -falou a branquinha. Lembro da aguinha que canta.

- Aguinha? Que aguinha é esta, será o riacho?- perguntou o fazendeiro.

- É uma aguinha que corre de mansinho pelo chão e vai cantarolando o tempo todo,falou a ovelhinha.

- Deve ser o riacho,deve ser o riacho- disse o fazendeiro- vamos!

Andaram um pouco e encontraram o riacho.

- É esta a aguinha méééé..méééé...falava a ovelhinha saltitando para lá e para cá.

- Graças a Deus -  falou o fazendeiro - agora está fácil encontrarmos a sua casa.

Então, eles foram seguindo  o canto e encontraram o caminho da casa da ovelhinha onde os seus pais já estavam aflitos porque ela estava demorando. 

O fazendeiro contou o que havia acontecido,os pais da branquinha agradeceram a ele e ralharam com a ovelhinha para que ela não fizesse isto porque ela poderia desaparecer para sempre. 

A ovelhinha prometeu ao paizinho e à mãezinha que não mais sairia para distante e todos se abraçaram felizes.

Viram como Deus é maravilhoso?! Criou uma aguinha que canta e até ajuda as pessoas a encontrarem o seu caminho.

Palmas para Ele!


bjinhos

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!