Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

23 de jun de 2010

O MENINO QUE DESEJAVA VER DEUS!



Jaiminho vivia com os seus pais numa aldeia de pescadores e a sua vida se resumia a casa, passeios pela praia,brincadeiras próprias da idade com os poucos amiguinhos pela aldeia afora e,de vez em quando um breve passeio no mar no pequeno barco do seu pai.

Quando passeava pelo mar ele se embriagava com a beleza que via naquela imensa massa d'água, os gestos precisos do pai conduzindo e controlando a embarcação,o sol brilhando bem lá no alto,os peixes pulando na água, tudo lhe encantava levando-o a perguntar aos pais,muitas vezes:

- Papai,mamãe,quem foi que fez tanta coisa bonita no mundo?

- Foi Deus meu filho,respondiam os pais.Não já lhe dissemos isto tantas vezes!

Naquele dia,em pleno mar os pais surpreenderam-se quando ele falou:

- Papai,mamãe,eu quero ver Deus! Como eu faço para encontrá-Lo?!

Os pais tomados de surpresa responderam:

- Filho,nós não podemos vê-Lo.

- E como podemos ter certeza que Ele existe e não se trata de uma invenção dos homens?

Os pais mais surpresos ainda com a profundidade da pergunta,falaram:

- Filho,olhe ao seu redor e nos diga o que você vê?

- Vejo muitas belezas:o mar,peixes.o sol,a linha do horizonte...são tantas coisas lindas que não sou capaz de descrever todas elas.

- Então filho, disse o pai,você acha que o ser humano seria capaz de criar tantas maravilhas?

- Não papai,não acho não mas mesmo assim eu desejo ver Deus,quero ver como Ele é.

- Sentimos muito filho mas isto não vai ser possível pois ninguém até hoje viu a face de Deus.Mas você pode sentí-Lo!

- De que maneira eu posso sentí-Lo?

- Espere um pouco,disse-lhe a mãe tomando nas mãos a cestinha com o lanche,pegou o açúcar e lhe perguntou:

- Você sabe o que é isto não sabe?

- Sei sim,é açúcar,e daí?

- E isto aqui,perguntou a mãe segurando um copo d'água na outra mão.

- É um copo com água,ora essa,falou Jaiminho um pouco irritado.Onde você quer chegar.

A sua mãe colocou o açúcar dentro da água do copo,misturou bastante depois mostrou ao Jaiminho perguntando-lhe:

- Se você não tivesse visto eu misturar o açúcar na água você saberia que ela está aí?

- Claro que não,respondeu o garoto.Eu diria que é apenas um copo com água.

- Mas você sabe que o açúcar está aí dentro da água não sabe?perguntou-lhe a mãe.

- Claro que sei,ora bolas,ande logo com isto,falou Jaiminho irritado.
 
- Agora prove um pouco desta água,por favor,disse-lhe a mãe enquanto lhe entregava o copo.

Ele recebeu o copo,sorveu um gole da mistura e disse:

- Hummmmm...deliciosa! docinha...docinha...

- Então,você pôde "sentir" o açúcar através do seu paladar não foi? falou a mãe.

- Sim, e entendi o que você quer dizer.Você está me dizendo que eu posso "sentir" Deus não é isto?

- Hummm! Você entendeu rápido,falou a sua mãe,é isto mesmo garoto.

- O açúcar eu senti com o paladar e Deus eu sinto com o quê?

-Quando você quiser sentir Deus,meu filho,feche os olhos para que você se desligue do mundo material,procure conversar com Ele,em silêncio,se você quiser você pode orar a oração que Jesus nos ensinou e você já sabe tão bem,permaneça em silêncio buscando-O através da sua alma que você sentirá a Sua presença em você.

- É simples assim mamãe?!

- Claro filho,claro!Deus é Amor e o Amor é simples e puro.

- Vou tentar mamãe,vou tentar,respondeu Jaiminho e foi se colocar junto ao pai que estava a retornar o barco pois o sol já se preparava para se esconder.

Nos dias que se seguiram ouvia-se Jaiminho a falar com a mãe:

- Estou tentando mamãe...estou tentando...

Assim como Jaiminho todos nós devemos "sentir" Deus através da oração com a certeza de que Ele atende a todos pois todos nós somos seus filhos independente de qual religião façamos parte.

bjs,soninha

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!