Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

26 de set de 2009

Era uma vez...

 
Uma cidade no meio das montanhas onde as pessoas não escutavam o canto dos pássaros nem os ruídos da natureza pois todas elas eram surdas.Viviam tristes e não se conformavam com aquele mundo silencioso, quando lhes apareceu uma fada muito bonita e gentil,segurando uma varinha mágica e piscando para todos.


A fada Lisbela!






 
Lisbela tentou conversar com uma criança e percebeu que ela não entendia o que ela falava. Fez outras tentativas com pessoas adultas e obteve o mesmo resultado. Ela compreendeu, então, que eles não escutavam a sua voz. Pensativa ela ficou horas e horas imaginando uma maneira de se fazer entendida.

Lisbela dançou, bateu pedras uma na outra, usou palitinhos, corneta etc. Nada acontecia. Pessoa alguma dava sinais de estar entendendo alguma coisa.


Então ela teve uma brilhante ideia. Chamou algumas fadas amigas e começaram uma festa a qual chamaram: "festa dos sinais".Durante a festa elas se tornaram invisíveis para as crianças e os adultos, apenas os animais as enxergavam.



A fadinha Azul soprava estrelas para o alto e estas formavam lindos sinais brilhantes






Coraçãozinho também participou dando a sua contribuição:






Alada, a fadinha que vivia sentada no seu banquinho caramujo, com a sua lâmpada mágica de cor alaranjada, criou alguns sinais que serviram e muito!





Negra Cabeleira, a fadinha que adorava vestir-se de cor de rosa, com o seu sopro mágico criou lindos e afetuosos sinais:






Clorofila a fadinha verde qual uma folha do mato contribuiu com a sua varinha:
 

 
Pó de Pirlipimpim, muito animada, entrou na festa da criação dos sinais e muito ajudou com a sua varinha:



 
Já era noite quando Lua, lá do alto, mandava sinais prateados que eram vistos em toda a cidade. As pessoas olhavam mas não sabiam o que estava acontecendo, somente os animais que haviam assistido a tudo, caladinhos e maravilhados imaginavam o que seria.

Ao final da participação de Lua, veio o rei, a rainha e a princesa do Mundo das Fadas para encerrar aquela linda festa dos sinais.A princesa reuniu todos os sinais e os derramou sobre a cidade, sobre todas as casas. No dia seguinte as pessoas começaram a fazer sinais entre si e entendiam perfeitamente o que estavam dizendo com os mesmos.A partir daquele dia elas passaram a usá-los como um meio de se comunicarem.
Elas não sabiam explicar como haviam aprendido aqueles sinais mas a vida passou a ser bem melhor! Embora não pudessem escutar a voz da natureza e o canto dos pássaros, já podiam falar entre si o que desejavam.
Foi assim que a partir da simples visita de uma fada a uma cidade onde as pessoas não escutavam, a vida se transformou num mar de rosas e de entendimento!


bjs,soninha.


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!