Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

18 de set de 2009

O Castelo Abandonado!





No Reino do Faz de Conta havia um castelo que era considerado mal assombrado porque havia sido abandonado pelos seus donos e, sem receber os devidos cuidados, tomou um aspecto muito feio. Quando se olhava para ele tinha-se a impressão de que se tratava de um monstro horrível .

Naquele Reino morava uma bruxa má, Malvina, que costumava passar dias e dias dentro do castelo imaginando maldades que ela gostaria de fazer com as pessoas, principalmente com a princesa Clarinha que era muito linda, meiga e educada.


Malvina tentava de todas as maneiras capturar a princesa Clarinha. O seu maior sonho era transformá-la em uma lagartixa e deixá-la aprisionada naquele horrível castelo para sempre,até morrer.

Falava por onde andava, o que ela pretendia fazer com a princesa e acrescentava:

- Ela vai ver quando eu capturá-la! Vou transformá-la em uma lagartixa feia e insignificante e somente o beijo do príncipe Luís do Reino das Maravilhas poderá desfazer o encanto.

- O príncipe Luís pouco visitava o Reino do Faz de Conta, então Clarinha teria pouca ou quase nenhuma chance de se desfazer da maldição caso a bruxa a pegasse.

Todos gostavam muito da Clarinha e tinham muito cuidado para que a bruxa não conseguisse chegar perto dela.



Um dia Clarinha saiu para passear no bosque e estava tão distraída escutando o canto dos pássaros que não viu a bruxa Malvina se aproximando, pisando bem devagarinho para não fazer barulho nas folhas secas que estavam espalhadas pelo chão. Ela quase flutuava. Sequer respirava para não ser ouvida. Apenas pensava:

- Chegou a tua hora Clarinha! Quero ver quem vai te livrar das minhas mãos!

E lá ía ela, pé ante pé! Sorrindo baixinho com o seu mau pensamento:

- Esta é minha! Esta é minha!


Clarinha não escutou os seus passos e foi pega de surpresa. Quando ela viu aquela cara medonha olhando-a com aqueles olhos esbugalhados, desmaiou e caiu ao solo.

Malvina falou em voz baixinha para não ser escutada por possíveis pessoas que estivessem por perto:

- Que beleza! Não me deste trabalho nenhum,menina. Nem vou precisar usar a minha maçã envenenada. Tenha bons sonhos!!!

Dito isto, ela carregou Clarinha nos braços, montou na sua vassoura e a levou para dentro do castelo onde já havia um leito arrumado para deitá-la.

Sentou-se perto do leito admirando a princesa já transformada, por ela, numa clara lagartixa e falou:

- Agora você vai ficar aqui até morrer,minha lagartixinha!

Clarinha,agora lagartixa, olhou para a bruxa com os olhos marejados de lágrimas e pensou:

- Quando você dormir, bruxa má, eu vou sair daqui por debaixo de alguma destas portas ou por alguma janela. Você verá!

Mas o que Clarinha não sabia era que não havia frestas para ela passar,era tudo muito bem vedado. A bruxa tinha pensado nisto.


O tempo foi passando e notaram a ausência de Clarinha. Saíram a procurar por todos os cantos do Reino, quando João encontrou o seu lacinho de fita cor de rosa caído na porta do castelo. Compreenderam então que a bruxa conseguira capturá-la e planejaram rapidamente como levariam a notícia ao príncipe Luís no Reino das Maravilhas para que ele viesse salvá-la.

Os pássaros se prontificaram a levar uma cartinha onde tudo fosse bem explicado e ele pudesse compreender o que se passava no Reino do Faz de Conta.

O vigário escreveu uma carta muito bem feita e os pássaros voaram com ela presa ao bico do mais velho do grupo, ele era mais cuidadoso e não a deixaria cair.

Depois de vários dias de viagem chegaram ao Reino das Maravilhas e voaram direto ao palácio do príncipe Luís onde encontrou-o recostado numa poltrona, descansando. Um deles cutucou o príncipe que abriu os olhos e ficou encantado com a visita dos pássaros. Observou que um deles tinha um papelzinho amarrado no bico e, com delicadeza, retirou-o e leu.

Falou em voz alta!

- Vamos! Vamos amigos, não podemos perder tempo!


Cavalgou durante três dias, sem dormir, e finalmente chegou ao Reino do Faz de Conta se dirigindo imediatamente ao castelo abandonado. Cuidadosamente se aproximou para não ser visto pela Malvina e planejou um meio de entrar .

O gatinho deu uma idéia:

- Eu entro, mordo a perna da bruxa, ela vai sair correndo atrás de mim tentando me abater com a sua vassoura horrorosa, então você entra e aqui fora nós tomamos conta dela.

Todos os animais concordaram e o príncipe também.

Dito e feito!

Assim aconteceu! O príncipe entrou rapidamente dirigindo-se à torre do castelo onde a porta do quarto estava fechada apenas por fora. Lá dentro estava a lagartixinha em cima da cama. Tristinha e chorosa!

Ele tomou-a nas mãos, delicadamente, e beijou-a com muito amor e ternura.


Aos poucos, a princesa Clarinha foi retornando à sua forma normal


Enquanto a bruxa,lá fora tinha sido encurralada pelos animais que obrigaram-na a se jogar dentro de um poço fundo e abandonado. Quando ela caiu lá no fundo eles, com a ajuda dos homens do Reino, pegaram uma pesada pedra e o lacraram para sempre.

O príncipe Luís e a princesa Clarinha se casaram . Aconteceram duas festas.Uma no Reino do Faz de Conta e outra no Reino das Maravilhas. Vários e vários dias de festas com muitas brincadeiras, alegria e paz!

E a bruxa Malvina ficou ,para sempre, dentro daquele poço feio e imundo.









soninha

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!