Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

2 de set de 2010

O AMOR PERFEITO



O AMOR PERFEITO



O homem era muito rico e comprou uma grande área de terra e a desejou transformar em um jardim.

Contratou jardineiros, encomendou sementes e deu início ao projeto.

Depois de algum tempo, foi visitar o jardim e verificou que as flores não haviam florescido. 

Tudo parecia adormecido, como num encantado conto de fadas.




 jardineiros trabalhando



Os arbustos, as árvores e as flores estavam quase a morrer.

O homem andou entre as árvores e os canteiros, perguntando o que estava acontecendo.

Então, o carvalho disse que estava morrendo porque não podia ser tão majestoso e tão alto quanto o pinheiro.




 carvalho



O pinheiro informou que estava murchando porque não conseguia dar uvas como a parreira.




pinheiro manso




E a parreira estava encolhida e triste, por não poder desabrochar como a roseira.




 parreira



Cada árvore, arbusto e flor invejava o porte, a beleza, o perfume ou a capacidade de florir e frutificar do outro.

No meio de toda aquela inveja e lamentação, o homem descobriu, no entanto, uma plantinha florida e viçosa. Era o amor-perfeito, que lhe disse o segredo de estar florido:




 amor perfeito


“Imaginei que quando fui plantado, você queria um amor-perfeito. Se quisesse uma pereira, um carvalho ou um pequeno arbusto, os teria plantado.




 amor perfeito



Então pensei que se não posso ser ninguém além de eu mesmo, tentarei ser o que sou da melhor maneira possível.”

E, feliz, continuou a oferecer a beleza das suas pétalas, abrindo-se ao sol da manhã radiosa.

Adaptação a partir de texto contido na pág. 113 da Revista Seleções do Reader´s Digest, de janeiro de 1999.

bjs,soninha  


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!