Obrigada pela visita...

19 de set de 2010

PENA AMARELA O INDIOZINHO FELIZ



Pena Amarela vivia no meio da mata com a sua família,uma tribo muito bonita onde todos eram unidos e viviam na mais santa paz. Com o seu pai ele aprendia a nadar, caçar, pescar e cuidar do seu povo.

Certa manhã Pena Amarela estava pescando o alimento do dia quando ele avistou uma canoa diferente que fazia um barulhão horrível, se aproximando cada vez mais.Era um barco,mas o indiozinho não sabia pois nunca tinha visto um.Viu que havia um homem branco e, bem rapidinho ele se jogou nas águas do rio,mergulhou fundo e nadou bem rápido sob as águas para não ser visto pelo homem branco pois estava com muito medo.

Ele havia escutado histórias sobre homens brancos que matavam índios e não podia confiar. Bem ligeiro chegou em terra,correu para o interior da oca onde seu pai ,o índio Arapiruma,se encontrava descansando na rede.

O indiozinho entrou correndo e,muito afobado,falou:

- Pai, ô pai...vem vindo homem branco aí.

- Onde menino? perguntou o pai.

- Tá vindo numa canoa que faz um barulhão....

O pai pegou o arco e as flechas e foi para o terreiro esperar o visitante. De repente ele avistou ao longe um homem branco com o braço erguido balançando um pano branco em sinal de paz.

O índio pai guardou a sua arma dentro da oca e recebeu o homem branco de braços abertos pois este queria apenas conhecer um pouco da vida dos seus, e por isto alí estava.

O homem branco passou vários dias com os índios,aprendeu muito da vida e dos costumes deles e ficou muito encantado com tudo; o que mais o encantou foi ver como o indiozinho era feliz e transmitia esta felicidade para todos. 

Apesar de viver uma vida semples, dormir na rede, não assistir TV, não possuir vídeogame, não comer cachorro quente nem hamburger ,se alimentando apenas de raízes,frutos ,peixe e farinha, não se queixava de nada,não fazia birra com os pais nem com os irmãos,era obediente aos mais velhos e se comportava com muita educação quando íam se alimentar.

Com estas imagens bonitas,da vida dos índios, foi que o homem branco chegou em sua casa pensando em contar a sua experiência aos seus familiares e quem sabe um dia levá-los para passarem uns dias iguais aos que ele passou....


Trabalhando: A PAZ,A SIMPLICIDADE,A ALEGRIA DE VIVER.



bjs,soninha


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!