Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

5 de nov de 2010

O GATINHO MAROTO QUE VIROU PONTAPÉ



Era uma vez...

...um gatinho,o maroto,que era muito peralta e vivia "xeretando" a vida de todos os outros bichinhos.

Cutucava o ratinho com uma vara somente para ver o pequenino correndo com medo; a gatinha mimosa era alvo das suas traquinagens,todos os dias. 

Quando a bichana saía de casa para fazer o seu passeio matinal pela calçada da casa onde morava, o gatinho esticava um fio transparente de um lado ao outro da calçada e,quando ela vinha toda elegante, cabeça erguida sem olhar para baixo, tropeçava no fio e...plaft! era um tombo só....




Lá ficava a mimosa esparramada no chão, chorando e fazendo beicinho.

O periquito verdinho sofria com as aprontações do gatinho.Quando ele estava bem distraído na sua gaiolinha tomando sol, o bichano abria a porta e tentava pegá-lo, só para assustar o verdinho, porque na verdade ele não era mau pois não maltratava, apenas assustava com as suas traquinagens.




O verdinho, coitadinho, pulava de um canto para outro da gaiola até cair cansadinho, de pernas pro ar;só então o maroto deixava o bichinho em paz.

A cadelinha branquela também era alvo das suas peraltices. Certa vez ele comeu toda a ração da cadelinha, que ficou com fome até a sua dona voltar do trabalho. E, como os bichinhos não falam uma linguagem que possa ser compreendida pelo ser humano, a dona da branquela notou que ela estava meio tristinha mas não sabia o porquê...Colocou-a no colo, deu cheirinhos ,beijinhos e lhe fez muito carinho até ela voltar ao seu normal de cadelinha feliz .




Um dia o maroto tentou aprontar com o seu dono, um menino também peralta, o Marquinhos. O bichano ía fazer xixi nas pernas do garoto quando este, vendo o que ía acontecer, deu-lhe um tremendo pontapé que fez o gato ir parar na outra sala, em cima da mesa.

Maldade não é?! 



Nem precisava tanto, bastava um gritinho, um chega pra lá com carinho que ele se mancava e saía. Mas o Marquinhos era meio violento, principalmente com os animais pequenos que não podiam se defender.

A partir daquele dia o menino passou a chamar o bichano de pontapé e nunca mais o gatinho foi seu amigo de verdade. Maroto brincava e aprontava com todos os outros bichinhos mas,quando ele via o menino ,corria e se escondia rapidinho,com muito medo.

Foi assim que o bichano maroto ganhou o apelido de pontapé e um menino maldoso perdeu um grande amigo por não ter sabido ser paciente e carinhoso com um bichinho carente e carinhoso,um lindo e peralta gatinho.

Os animais são nossos amiguinhos e alguns são brincalhões, nem por isto devemos maltratá-los e sim amá-los e respeitá-los.

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!