Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

2 de nov de 2009

** O GATINHO BILAU ** // soninha






Bilau era um gatinho lindo, todo peludinho e muito carinhoso com todas as pessoas que ele conhecia. O seu dono, Lucas, tinha o maior cuidado para que não saísse às ruas e pudesse ser atropelado por algum carro em alta velocidade.

Certo dia,Lucas saiu para a escola e, como sempre, deixou o bilau em casa com a sua mãe e a secretária que fazia as tarefas domésticas.

Dona Maricota, a mãe do Lucas após o café da manhã, sentou-se frente à televisão para assistir o seu programa preferido enquanto Neusinha, a secretária iniciava o lufa-lufa diário.

Num certo momento dona Maricota escutou o ranger de pneus perto da sua casa e o grito de várias pessoas ao mesmo tempo:

- Coitadinho!!Não vai sobreviver!!

O bilau havia escapado, quando Neusinha fora colocar o lixo na porta da casa, e sido pego pelas rodas traiçoeiras de um carro que ele não viu.

O corre corre se estabeleceu, muitos chegaram por curiosidade e alguns para ajudar.Alguém identificou que era o gato de dona Maricota e foi avisá-la.

- Meu Deus do céu! Como aconteceu isto se ele estava dentro de casa?! pensou, em voz alta, dona Maricota.

Neusinha começou a chorar e tremer pois logo entendeu que ele só poderia ter escapado no momento em que ela fora colocar o lixo na porta da rua.

Corre daqui, espia dali, leva ao veterinário às pressas,mas...nada adiantou! O bilau não estava mais entre nós. Havia deixado o seu corpinho e viajado para um outro mundo onde os animais não são atropelados, não são maltratados , não passam fome de comida nem de carinho.

Dona Maricota chorava demais, preocupada com o Lucas quando chegasse da escola e soubesse da notícia.

Meio dia! Lucas chega e grita:

- Bilau meu amor,vem cá..psipsipsi....

Nada de bilau aparecer!

Lucas olha para a mãe e Neusinha perguntando:

- Onde está o bilau?!

- Calma meu filho, calma, falou dona Maricota.Venha cá que preciso conversar com você.

Lucas se aproximou da mãe e ouviu dela a triste notícia do atropelamento e morte do bilau. Chorou bastante, gritou com a Neusinha e por fim se conformou.

Depois de um longo silêncio perguntou à mãe:

- Onde ele está?!

- Está dentro de uma caixinha lá no seu quarto,respondeu a mãe, com ares de tristeza.

Lucas foi para o seu quarto, pegou a caixinha onde bilau estava acomodado como se estivesse dormindo, chorou muito e falou:

-Meu amiguinho, por que fizeram isto com você?! Eu não vou suportar a saudade.

A mãe do menino ao ouvir estas palavras entrou no quarto e disse:

-Lucas, quando os bichinhos morrem eles se transformam em estrelinhas que brilham lá no céu em noites estreladas. Você o verá brilhando!

- E quando for noite chuvosa, o que vou fazer para vê-lo?!

A mãe não sabendo responder saiu do quarto em prantos.

Lucas e a sua mãe enterraram o bilau no fundo do quintal que mais parecia uma chácara e, todas as noites, o menino sentava-se à porta de casa olhando fixamente para o céu na esperança de ver o amiguinho.

Neusinha, tentando desculpar-se , presenteou Lucas com um lindo gato angorá, prometendo nunca mais esquecer a porta aberta.

Quando ia deitar-se, nas suas orações o menino, sempre, pedia a Deus para olhar pelo seu gatinho bilau e que a sua estrelinha nunca deixasse de brilhar.



bjs,soninha


Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!