Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

15 de ago de 2010

A ABELHA E A ROSA



No jardim da casa de Zezinho havia um lindo canteiro de rosas amarelas,vermelhas,cor-de-rosa  e umas de outra tonalidade que parecia uma mistura do vermelho com o amarelo,onde as abelhas sugavam o néctar tão precioso para fabricarem o delicioso mel. Certo dia uma delas, muito vaidososa falou em tom áspero enquanto a abelha silenciosamente colhia o néctar:

- Dona abelha, a senhora não acha que deveria pedir-me licença para colher o meu néctar?!

- Mas, porquê sinhá rosa se eu não estou lhe causando nenhum mal?! responde-lhe a abelha em tom de humildade e sinceridade.

- Porque o néctar é meu,ora essa...diz a rosa num tom orgulhoso e mal humorado.

- Me responda uma coisa sinhá rosa,fala a abelhinha com muita paciência; se eu não colher o néctar para fabricar o mel o que a sinhazinha fará com ele?

- Nada! Claro que não farei nada e a senhora também não! fala a flor com azedume.

- Sinhazinha,(diz a abelha) a sinhazinha não vê que isto é puro egoísmo? Deus lhe deu o néctar e me deu a capacidade de fabricar o mel, por que não nos unirmos para o bem de todos?

- Bem de todos?! De que bem você está falando,abelhinha chata?( pergunta a rosa já muito nervosa)

- O bem que o mel faz à saúde das pessoas,ou você não sabe?! 

- Não sei de nada!Não quero mais falar neste assunto e não me apareça mais por aqui a fim de roubar o meu néctar.(responde a rosa encerrando a conversa)

Os dias se passaram ,Zezinho "pegou" uma daquelas gripes bem forte que o deixou acamado.Foi visitado pelo médico da família que receitou além de alguns remédios homeopáticos, o chá de pétalas de rosa com uma colher de sopa de mel. Dona Aninha, mãe do menino, seguia a prescrição médica de maneira correta e,todos os dias colhia uma rosa para preparar o chá onde colocava uma colher de sopa de mel de abelhas produzido com o néctar  de rosas.

Ela considerava que a rosa fazia bem ,então o mel de rosas também seria ótimo.

Enquanto dona Aninha preparava o chá para o garoto a abelha foi ao jardim ,aproximou-se do canteiro das rosas e,pertinho da rosa vaidosa ela disse:

- Entendeu agora o que eu lhe falava sinhazinha?!

- É! Mas você falou que apenas o mel era útil, não se lembra?

- Ah! sinhazinha, eu ía falar que você também alimenta e cura mas você estava tão nervosa que resolvi ir embora. Que tal nos unirmos de agora em diante e nada de zangas?! falou a abelhinha ,sorrindo...

- Está bem,está bem! Pode colher o néctar que você quiser que eu não reclamarei mais e ficarei muito feliz em cooperar com a saúde de todos...rs..rs...Não é assim que se fala?! sorria a rosa vaidosa...

- É assim mesmo sinhazinha,nós existimos para servir e não para sermos servidos não é mesmo? Amigas para sempre?! perguntou a abelhinha.

Amigas para sempre! respondeu a rosa,toda vaidosa,apertando a mão da abelhinha e se arrumando para receber o orvalho da noite.

A rosa vaidosa e egoísta aprendeu que na vida é gratificante ser útil e servir aos outros e que a união das boas intenções resulta sempre no Bem Maior!


" TRABALHANDO A VAIDADE,A HUMILDADE, A UNIÃO E A COOPERAÇÃO"

bjs,soninha
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!