Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

2 de ago de 2010

** A PERERECA MALUQUINHA E O SAPINHO GENUÍNO **



O sapinho genuíno vivia na lagoa encantada no bosque da felicidade onde havia muitos bichinhos,entre eles uma perereca chamada maluquinha.

Maluquinha vivia a pererecar pra cima e pra baixo,mexendo com um e outro,colocando apelidos nos bichinhos, mergulhando nas lagoas dos outros,sempre disposta a se divertir às custas dos animais.

Uma certa manhã ela pererecou tanto que foi parar perto da lagoa encantada onde vivia o sapininho genuíno.

Como é o seu nome sapinho?!



Perguntou a perereca,toda assanhadinha desejando fazer pouco caso do sapinho.

- Me diz sapinho,diz logo que eu estou com pressa.E começou a pular fazendo caretas e trejeitos a fim de irritar o sapinho.

O sapinho que já conhecia a fama da perereca,lhe respondeu:

- O meu nome é BÊOBÔ!



- BÊOBÔ?!! perguntou a perereca com os olhos arregalados e acrescentando:

- eu nunca ouvi este nome em toda a minha vida! e saiu cantarolando:

- bêobô...bêobô...bêobô...bêobô...hahahaha!!!sorria a perereca zombando do nome do sapinho,não sabendo ela o que lhe aguardava.

No dia seguinte o sapinho estava cuidando da lagoa ,arrumando-a a fim de deixá-la bem bem limpinha e bonita , quando ele levantou a cabeça...!!! Quem estava diante dele?

A perereca! Isto mesmo!

Ela estava ali quietinha observando o sapinho trabalhando mas quando notou que ele a viu ela voltou a perguntar:

- Como é mesmo seu nome sapinho?!

Desta vez ele respondeu:



- BÊABA!!

- O que sapinho?! Não entendi nada!gritou a perereca muito irritada.Ontem era BÊOBÔ e hoje já mudou para BÊABA?! Você é maluco é?!

- Eu não,falou o sapinho.

Se você não entendeu agora,vá para sua casa e pense na resposta de ontem e na de hoje,junte as duas e veja qual o seu nome.

- Mas eu lhe perguntei o seu e não o meu,falou a perereca.




- Eu sei,disse o sapinho;mas eu quis lhe dar um apelido bem carinhoso retribuindo todo o carinho com que você me tratou estes dias.

O sapinho caiu na gargalhada!!!

A perereca deu as costas ao sapinho, revoltada saiu a resmungar pelo caminho que ía para sua casa:


- bêoBÔ..bêaBA...bêoBÔ...bêaBA...bêoBÔ...bêaBA...bêoBÔ...bêaBA...




De tanto repetir as duas respostas dadas pelo sapinho ela percebeu que havia o som de uma palavra que ela conhecia.

- Acho que descobri o apelido que o sapinho me deu,falou,sozinha,a perereca.E repetiu:

- Bêobô é BÔ e bêaba é BA...hummmmmmm!! Se eu juntarrrrr...ARGH!

Eu vou matar aquele sapinho atrvido e vai ser hoje.

E lá se foi a perereca aos pulos gigantescos a fim de pegar o sapinho para esganar.




Mas o sapinho que não é nenhum tolo e, desconfiando que a perereca iria descobrir qual era o apelido que ele lhe  havia dado,já havia mudado com roupas e bagagens para outra lagoa bem distante onde não pudesse ser encontrado pela perereca maluquinha.

Até hoje a perereca maluquinha procura o sapinho com o desejo de lhe dar uma boa sova. Mas o sapinho genuíno que não é nenhum tolo,vive mudando de lagoa de tempos em tempos para não ser encontrado.

Êta perereca maluquinha!


Atenção:

- aqui na nossa historinha pererecar significa pular e pererecou significa pulou.

- a palavrinha "BOBA" não leva acento,foi colocado a fim de facilitar o entendimento dos guris.


bjs,soninha
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!