Estamos de volta!!

Estamos de volta!!
O Inverno Chegou...

15 de out de 2009

**A CADELINHA FELIZ ** / Gisis.





Aika era uma cadelinha linda.Mas tinha o sonho de ser mãe.Anos se passaram e Aika não realizava seu sonho.Outros cachorrinhos moravam na mesma casa que Aika.Willy era lindo e muito charmoso.De um pelo amarelo e uma simpatia que o tornavam mais bonito ainda.Mas,ela não se interessou por ele.Era estranho.Aika não se interessava por nenhum cachorrinho.



Como tinha outros moradores na casa,foram sendo mostrados aos poucos pra ela.Que cadelinha difícil era Aika.Como poderia realizar seu sonho se não queria casar com nenhum cachorrinho.

Certo dia chegou um cachorrinho além dos que já existiam na casa.Era tão pequeno que cabia na mão da dona.Os outros ficaram enciumados.Porque ele estava dentro da casa e não junto com eles nos quintais.Só a Aika que era uma cadelinha gordinha porém frágil, ficava dentro da casa.Os outros eram fortes.
O pequeno cachorrinho ganhou o nome de Frederico.Crescia e cada vez ficava mais bonito.Mas,continuava bem pequeno.Aika olhava pra ele com um olhar terno e nunca o agrediu.Era só carinho.



Aika ficou tão doente,e seu sonho de ser mãe ficou impossível.Porém Frederico sentiu sua falta.Andava triste pelos cantos.Quando Aika voltou, recuperada da doença,Frederico se aninhava junto a ela como se pedisse um colinho de mãe.

Pode parecer estranho,porém Aika voltou a ter brilho nos olhinhos.Frederico era o filhinho que ela queria.



Até hoje Aika e Frederico vivem juntos no mesmo cantinho e as vezes dividem o mesmo prato de comida e a vasilha de água.

Aika conseguiu realizar seu sonho de ser Mãe!





Giselda Pereira


Gisis
Publicado no Recanto das Letras em 29/09/2009
Código do texto: T1837290



Viram que historinha linda a escritora e poetisa Gisis nos trouxe hoje?! Uma verdadeira lição de amor não é mesmo?! Ah! A escritora me disse que esta historinha é baseada em fatos reais, ou seja: ela realmente aconteceu. Obrigada Gisis por este lindo presente.


bjs,soninha
http://recantodasletras.uol.com.br/infantil/1837290
Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!