Obrigada pela visita...

12 de set de 2013

Os apuros do peixinho vavá


Vavá , um lindo peixinho que morava no fundo do mar com os seus pais, era bonito porém muito desobediente.




Os seus pais, muito amorosos e pacientes com ele, viviam em clima de amor e lhe davam muitos conselhos:

_ Vavá, não saia sozinho de casa porque o fundo do mar é cheio de perigos para um peixe pequenino.

Mas o peixinho, que se dava bem com o polvo, alguns tubarões e algumas lagostas, pensava que podia sair sem que nenhum mal lhe acontecesse.



Até o seu avô lhe dava conselhos e chegou a lhe ensinar alguns perigos, inclusive o risco dele ser apanhado por um azol. 

O velho peixe lhe mostrou um anzol, para que o peixinho ficasse conhecendo e não se metesse em apuros, mas de nada adiantou...


Um belo dia bem cedinho, vavá saiu de casa, escondido de todos, e ficou a nadar cada vez mais distante sem notar que já não via mais a sua casinha e  que, bem pertinho dele, brilhava um anzol.

O peixinho olhou para aquele objeto, lembrou que alguém já havia falado dele e lhe mostrado, mas não se recordava onde...


Ficou pálido, assustado e resolveu conversar com o bichinho que estava na pontinha dele. 

Era a minhoca isca.

Já pertinho da isca ele a escutou pedindo:

_ Me tira daqui...me tira daqui...

Vavá, com pena da isca, foi retirá-la do anzol, com os dentes e também ficou preso.


Choravam os dois e gemiam, quando a Fadinha dos Mares apareceu, retirou o peixinho e mandou que ele voltasse imediatamente para casa e a isca, ela levou para a terra e a deixou no fundo do quintal da Aninha.

Assim, o peixinho vavá aprendeu a lição e nunca mais saiu de casa, escondido.

soninha

beijinhos de luz...

Postar um comentário

Não dê armas às crianças!!

Não dê armas às crianças!!